Mais

Qual é a fórmula para converter de WGS84 em EPSG: 3071 (Wisconsin Transverse Mercator)

Qual é a fórmula para converter de WGS84 em EPSG: 3071 (Wisconsin Transverse Mercator)


Tenho um software GIS que pode fazer essa conversão, mas preciso saber a fórmula / matemática real envolvida. Estou escrevendo código e preciso realizar uma única conversão (WGS para EPSG: 3071), portanto, usar uma biblioteca, de código aberto ou não, envolve muita sobrecarga (mais de 20 MB para uma biblioteca). Não preciso de bibliotecas de sistemas de coordenadas que nunca serão usados. Seria melhor se eu apenas escrevesse uma função para realizar o cálculo.

Como faço para converter de WGS84 para EPSG: 3071 (Wisconsin Transverse Mercator)?


como disse o whuber, existem várias páginas de explicações para obter as fórmulas exatas. Embora você possa encontrar algumas séries simplificadas na wikipedia. Para Wisconsin Transverse Mercator, observe também que implementar a projeção não é suficiente, porque você também precisa codificar a transformação do datum entre WGS 84 e NAD 83.

Minha sugestão é tirar proveito do código aberto e escolher a projeção Mercator transversal em uma das bibliotecas de código aberto (por exemplo, proj.4).


Apenas para sua informação, esse EPSG que você fornece é WGS84 (UTM 40N). A maioria dos dados GPS está em WGS84, a menos que seja especificado de outra forma, então você não precisa transformar o datum (que é matematicamente extremamente complicado), você só precisa rejeitar. Existe um motivo pelo qual você precisa de uma fórmula para isso, ou você poderia usar uma biblioteca existente? Esta questão discute as bibliotecas espaciais C #, a maioria das quais pode fazer isso para você.

Quanto à fórmula, dê uma olhada nesta página que discute a conversão de latitude / longitude em coordenadas UMT: http://www.uwgb.edu/dutchs/usefuldata/utmformulas.htm


Datums

Notarei rapidamente que a questão pode ser ainda mais complicada se você observar as diferenças entre os datums. Por exemplo, o SRS que você referenciou usou o datum NAD27. Um datum é uma representação matemática da forma da Terra, NAD27 será diferente de NAD83 ou WGS84, embora todos sejam medidos em graus, pois o datum representa a superfície tridimensional da Terra. Se você estiver misturando dados que usam datums conflitantes, você pode ter alguns problemas de precisão, por exemplo, a mudança de datum entre NAD27 e NAD83 não é insignificante dependendo de suas necessidades (captura de tela da Wikipedia, não foi possível vincular à imagem):

Se mudanças em locais devido ao uso de vários datums for um problema, você precisará de mais de d3 para convertê-los em um datum padrão. O D3 assume que você usará WGS84, o datum usado pelo sistema GPS. Se essas mudanças não forem um problema, ignore esta parte da resposta.


Conteúdo

A origem da coordenada de WGS 84 deve estar localizada no centro de massa da Terra, a incerteza é considerada inferior a 2 cm. [5]

O meridiano WGS 84 de longitude zero é o Meridiano de Referência IERS, [6] 5,3 segundos de arco ou 102 metros (335 pés) a leste do meridiano de Greenwich na latitude do Observatório Real. [7] [8]

A superfície de referência WGS 84 é um esferóide achatado com raio equatorial a = 6 378 137 m no equador e achatamento f = 1 / 298,257 223 563. O valor refinado da constante gravitacional WGS 84 (incluindo a massa da atmosfera da Terra) é GM = 3 986 004,418 × 10 8 m 3 / s 2. A velocidade angular da Terra é definida como ω = 72,921 15 × 10 −6 rad / s. [9]

Isso leva a vários parâmetros computados, como o semi-eixo menor polar b que é igual uma × (1 − f) = 6 356 752 .3142 m, e a primeira excentricidade ao quadrado, e 2 = 6.694 379 990 14 × 10 −3 . [9]

Atualmente, o WGS 84 usa o Modelo Gravitacional da Terra 2008. [10] Este geóide define a superfície nominal do nível do mar por meio de uma série de harmônicos esféricos de grau 2160. [11] É uma melhoria em relação ao modelo EGM96 de 1996, que por sua vez era uma melhoria em relação ao geóide WGS 84 original, referido como EGM84. Os desvios do geóide EGM96 do elipsóide de referência WGS 84 variam de cerca de -105 m a cerca de +85 m. [12]

O WGS 84 atualmente usa o World Magnetic Model 2020. [13] A próxima atualização regular (WMM2025) ocorrerá em dezembro de 2024.

Os esforços para complementar os vários sistemas nacionais de levantamento começaram no século 19 com F.R. Livro famoso de Helmert Mathematische und Physikalische Theorien der Physikalischen Geodäsie (Teorias Matemáticas e Físicas da Geodésia Física) Áustria e Alemanha fundaram o Zentralbüro für die Internationale Erdmessung (Central Bureau of International Geodesy), e uma série de elipsóides globais da Terra foram derivados (por exemplo, Helmert 1906, Hayford 1910/1924).

Um sistema geodésico unificado para todo o mundo tornou-se essencial na década de 1950 por vários motivos:

  • Ciência espacial internacional e o início da astronáutica.
  • A falta de informação geodésica intercontinental.
  • A incapacidade dos grandes sistemas geodésicos, como European Datum (ED50), North American Datum (NAD) e Tokyo Datum (TD), de fornecer uma base de dados geográficos mundial
  • Necessidade de mapas globais para navegação, aviação e geografia.
  • A preparação para a Guerra Fria Ocidental necessitava de um sistema de referência geoespacial padronizado para toda a OTAN, em conformidade com o Acordo de Normalização da OTAN

No final da década de 1950, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos, junto com cientistas de outras instituições e países, começou a desenvolver o sistema mundial necessário para o qual os dados geodésicos poderiam ser encaminhados e a compatibilidade estabelecida entre as coordenadas de locais de interesse amplamente separados. Os esforços do Exército, da Marinha e da Força Aérea dos EUA foram combinados levando ao DoD World Geodetic System 1960 (WGS 60). O termo dado como usado aqui se refere a uma superfície lisa definida de forma um tanto arbitrária como elevação zero, consistente com um conjunto de medidas do topógrafo de distâncias entre várias estações e diferenças de elevação, tudo reduzido a uma grade de latitudes, longitudes e elevações. Métodos de levantamento de patrimônio encontraram diferenças de elevação de uma horizontal local determinada pelo nível de bolha, linha de prumo ou um dispositivo equivalente que depende do campo de gravidade local (ver geodésia física). Como resultado, as elevações nos dados são referenciadas ao geóide, uma superfície que não é facilmente encontrada usando a geodésia de satélite. O último método observacional é mais adequado para mapeamento global. Portanto, uma motivação e um problema substancial no WGS e em trabalhos semelhantes é juntar dados que não foram feitos apenas separadamente, para regiões diferentes, mas re-referenciar as elevações para um modelo elipsóide ao invés do geóide.

Na realização do WGS 60, uma combinação de dados de gravidade de superfície disponíveis, dados astro-geodésicos e resultados dos levantamentos HIRAN [14] e SHORAN canadense foram usados ​​para definir um elipsóide de melhor ajuste e uma orientação centrada na terra para cada um dos dados inicialmente selecionados. (Cada datum é relativamente orientado em relação a diferentes porções do geóide pelos métodos astro-geodésicos já descritos.) A única contribuição dos dados de satélite para o desenvolvimento do WGS 60 foi um valor para o achatamento do elipsóide que foi obtido a partir do movimento nodal de um satélite.

Antes do WGS 60, o Exército dos EUA e a Força Aérea dos EUA desenvolveram, cada um, um sistema mundial usando diferentes abordagens para o método de orientação de dados gravimétricos. Para determinar seus parâmetros de orientação gravimétrica, a Força Aérea usou a média das diferenças entre as deflexões gravimétricas e astro-geodésicas e alturas geoidais (ondulações) em estações especificamente selecionadas nas áreas dos datums principais. O Exército realizou um ajuste para minimizar a diferença entre geoides astro-geodésicos e gravimétricos. Ao combinar os geóides astro-geodésicos relativos dos datums selecionados com um geóide gravimétrico centrado na terra, os datums selecionados foram reduzidos a uma orientação centrada na terra. Como os sistemas do Exército e da Força Aérea concordaram notavelmente bem para as áreas NAD, ED e TD, eles foram consolidados e se tornaram WGS 60.

As melhorias no sistema global incluíram o Astrogeóide de Irene Fischer e o datum astronáutico Mercúrio. Em janeiro de 1966, um Comitê do Sistema Geodésico Mundial composto por representantes do Exército, Marinha e Força Aérea dos Estados Unidos foi encarregado de desenvolver um WGS aprimorado, necessário para atender aos requisitos de mapeamento, mapeamento e geodésicos. Observações de gravidade de superfície adicionais, resultados da extensão de redes de triangulação e trilateração e grandes quantidades de dados Doppler e óticos de satélite tornaram-se disponíveis desde o desenvolvimento do WGS 60. Usando os dados adicionais e técnicas aprimoradas, o WGS 66 foi produzido, atendendo às necessidades do DoD por cerca de cinco anos após sua implementação em 1967. Os parâmetros definidores do elipsóide WGS 66 foram o achatamento (1 / 298,25 determinado a partir de dados de satélite) e o semi-eixo maior (6 378 145 m determinado a partir de uma combinação de satélite Doppler e astrogeodético dados). Um campo mundial de anomalia gravimétrica média livre de 5 ° × 5 ° forneceu os dados básicos para a produção do geóide gravimétrico WGS 66. Além disso, um geóide referenciado ao elipsóide WGS 66 foi derivado de dados astrogeodéticos disponíveis para fornecer uma representação detalhada de áreas terrestres limitadas.

Depois de um grande esforço durante um período de aproximadamente três anos, o Departamento de Defesa do Sistema Geodésico Mundial de 1972 foi concluído. Dados selecionados de satélite, gravidade de superfície e astrogeodéticos disponíveis até 1972 de fontes do DoD e não-DoD foram usados ​​em uma Solução WGS Unificada (um ajuste de quadrados mínimos em grande escala). Os resultados do ajuste consistiram em correções às coordenadas da estação inicial e coeficientes do campo gravitacional.

A maior coleção de dados já usada para fins WGS foi reunida, processada e aplicada no desenvolvimento do WGS 72. Foram usados ​​dados de satélite ópticos e eletrônicos. Os dados de satélite eletrônico consistiam, em parte, em dados Doppler fornecidos pela Marinha dos EUA e estações cooperantes de rastreamento de satélite não-DoD estabelecidas em apoio ao Sistema de Satélite de Navegação da Marinha (NNSS). Os dados Doppler também estavam disponíveis em vários locais estabelecidos pela GEOCEIVERS durante 1971 e 1972. Os dados Doppler foram a principal fonte de dados para o WGS 72 (ver imagem). Dados de satélite eletrônicos adicionais foram fornecidos pela Rede Equatorial SECOR (Sequential Collation of Range) concluída pelo Exército dos EUA em 1970. Os dados de satélite óptico do Worldwide Geometric Satellite Triangulation Program foram fornecidos pelo sistema de câmeras BC-4 (ver imagem). Dados do Observatório Astrofísico Smithsonian também foram usados, incluindo uma câmera (Baker-Nunn) e algum alcance a laser.

O campo de gravidade de superfície usado na Solução WGS Unificada consistia em um conjunto de 410 10 ° × 10 ° de área igual com média de anomalias de gravidade do ar livre determinadas exclusivamente a partir de dados terrestres. Este campo de gravidade inclui valores médios de anomalia compilados diretamente a partir de dados gravimétricos observados, sempre que estes estivessem disponíveis em quantidade suficiente. Os valores para áreas de dados esparsos ou sem dados observacionais foram desenvolvidos a partir de aproximações gravimétricas geofisicamente compatíveis usando técnicas de correlação geofísica gravitacional. Aproximadamente 45 por cento dos 410 valores médios de anomalia da gravidade do ar livre foram determinados diretamente a partir dos dados gravimétricos observados.

Os dados astrogeodésicos em sua forma básica consistem na deflexão das componentes verticais referentes aos diversos datums geodésicos nacionais. Esses valores de deflexão foram integrados em cartas geóides astrogeodésicas referidas a esses datums nacionais. As alturas do geóide contribuíram para a solução WGS unificada, fornecendo dados adicionais e mais detalhados para as áreas de terra. Dados convencionais de levantamento terrestre foram incluídos na solução para impor um ajuste consistente das coordenadas de locais de observação vizinhos dos sistemas BC-4, SECOR, Doppler e Baker-Nunn. Além disso, oito travessias precisas de linha longa do geodímetro foram incluídas com o objetivo de controlar a escala da solução.

A Solução WGS Unificada, como afirmado acima, era uma solução para posições geodésicas e parâmetros associados do campo gravitacional com base em uma combinação ótima de dados disponíveis. Os parâmetros do elipsóide WGS 72, mudanças de datum e outras constantes associadas foram derivados separadamente. Para a solução unificada, uma matriz de equação normal foi formada com base em cada um dos conjuntos de dados mencionados. Em seguida, as matrizes de equações normais individuais foram combinadas e a matriz resultante resolvida para obter as posições e os parâmetros.

O valor para o semi-eixo maior (a) do elipsóide WGS 72 é 6 378 135 m. A adoção de um valor a 10 metros menor que o do elipsóide WGS 66 foi baseada em vários cálculos e indicadores, incluindo uma combinação de dados de gravidade de superfície e de satélite para determinação de posição e campo gravitacional. Conjuntos de coordenadas de estação derivadas de satélite e deflexão gravimétrica dos dados de altura vertical e geóide foram usados ​​para determinar mudanças de datum local para geocêntrico, parâmetros de rotação de datum, um parâmetro de escala datum e um valor para o semi-eixo maior do elipsóide WGS. Oito soluções foram feitas com os vários conjuntos de dados de entrada, tanto do ponto de vista investigativo como também por causa do número limitado de incógnitas que poderiam ser resolvidas em qualquer solução individual devido às limitações do computador. Estações selecionadas de rastreamento de satélite Doppler e de orientação de datum astro-geodésico foram incluídas nas várias soluções. Com base nestes resultados e em outros estudos relacionados realizados pelo Comitê, um valor de 6 378 135 me um nivelamento de 1 / 298,26 foram adotados.

No desenvolvimento de mudanças de datum locais para WGS 72, os resultados de diferentes disciplinas geodésicas foram investigados, analisados ​​e comparados. Essas mudanças adotadas foram baseadas principalmente em um grande número de coordenadas de estação Doppler TRANET e GEOCEIVER que estavam disponíveis em todo o mundo. Essas coordenadas foram determinadas pelo método de posicionamento do ponto Doppler.


Conteúdo

A invenção de um sistema de coordenadas geográficas é geralmente creditada a Eratóstenes de Cirene, que compôs sua agora perdida Geografia na Biblioteca de Alexandria no século III aC. [3] Um século depois, Hiparco de Nicéia aprimorou este sistema determinando a latitude a partir de medições estelares ao invés da altitude solar e determinando a longitude por tempos de eclipses lunares, ao invés de cálculos mortos. No século I ou II, Marinus de Tyre compilou um extenso dicionário geográfico e mapa-múndi matematicamente plotado usando coordenadas medidas a leste de um meridiano principal na terra conhecida mais ocidental, designada Ilhas Afortunadas, na costa da África ocidental ao redor das Canárias ou do Cabo Ilhas Verdes, e medidas ao norte ou ao sul da ilha de Rodes, na Ásia Menor. Ptolomeu creditou a ele a adoção total da longitude e latitude, em vez de medir a latitude em termos da duração do dia de solstício de verão. [4]

Século 2 de Ptolomeu Geografia usou o mesmo meridiano principal, mas mediu a latitude a partir do Equador. Depois que seu trabalho foi traduzido para o árabe no século 9, Al-Khwārizmī's Livro da Descrição da Terra corrigiu os erros de Marinus e Ptolomeu com relação ao comprimento do Mar Mediterrâneo, [nota 1] fazendo com que a cartografia árabe medieval usasse um meridiano principal em torno de 10 ° a leste da linha de Ptolomeu. A cartografia matemática foi retomada na Europa após a recuperação de Máximo Planudes do texto de Ptolomeu um pouco antes de 1300, o texto foi traduzido para o latim em Florença por Jacobus Angelus por volta de 1407.

Em 1884, os Estados Unidos sediaram a Conferência Internacional do Meridiano, com a presença de representantes de 25 nações. Vinte e dois deles concordaram em adotar a longitude do Observatório Real em Greenwich, Inglaterra, como a linha de referência zero. A República Dominicana votou contra a moção, enquanto a França e o Brasil se abstiveram. [5] A França adotou o horário de Greenwich no lugar das determinações locais do Observatório de Paris em 1911.

Para não ter ambigüidade quanto à direção da superfície "vertical" e "horizontal" acima da qual estão medindo, os cartógrafos escolhem um elipsóide de referência com uma determinada origem e orientação que melhor se adapte às suas necessidades para a área a ser mapeada. Eles então escolhem o mapeamento mais apropriado do sistema de coordenadas esféricas para esse elipsóide, chamado de sistema de referência terrestre ou datum geodésico.

Os dados podem ser globais, o que significa que representam toda a Terra, ou podem ser locais, o que significa que representam um elipsóide que melhor se ajusta a apenas uma parte da Terra. Os pontos na superfície da Terra se movem em relação uns aos outros devido ao movimento da placa continental, subsidência e movimento diurno das marés da Terra causado pela Lua e pelo Sol. Esse movimento diário pode chegar a um metro. O movimento continental pode ser de até 10 cm por ano ou 10 m em um século. Uma área de alta pressão do sistema climático pode causar um afundamento de 5 mm. A Escandinávia está aumentando 1 cm por ano como resultado do derretimento das camadas de gelo da última era glacial, mas a vizinha Escócia está aumentando apenas 0,2 cm. Essas mudanças são insignificantes se um datum local for usado, mas são estatisticamente significativas se um datum global for usado. [1]

Exemplos de datums globais incluem World Geodetic System (WGS 84, também conhecido como EPSG: 4326 [6]), o datum padrão usado para o Global Positioning System, [nota 2] e o International Terrestrial Reference System and Frame (ITRF), usado para estimar a deriva continental e a deformação crustal. [7] A distância ao centro da Terra pode ser usada tanto para posições muito profundas quanto para posições no espaço. [1]

Os dados locais escolhidos por uma organização cartográfica nacional incluem o North American Datum, o europeu ED50 e o britânico OSGB36. Dado um local, o datum fornece a latitude ϕ < displaystyle phi> e longitude λ < displaystyle lambda>. No Reino Unido, existem três sistemas comuns de latitude, longitude e altura em uso. O WGS 84 difere em Greenwich do usado nos mapas publicados OSGB36 em aproximadamente 112 m. O sistema militar ED50, usado pela OTAN, difere de cerca de 120 ma 180 m. [1]

A latitude e longitude em um mapa feito em relação a um datum local podem não ser as mesmas obtidas de um receptor GPS. A conversão de coordenadas de um datum para outro requer uma transformação do datum, como uma transformação de Helmert, embora em certas situações uma simples tradução possa ser suficiente. [8]

No software GIS popular, os dados projetados em latitude / longitude são frequentemente representados como um Sistema de Coordenadas Geográficas. Por exemplo, os dados em latitude / longitude se o datum for o Datum da América do Norte de 1983 é denotado por 'GCS North American 1983'.


World Geodetic System 1984 (WGS84) Informações sobre a terra - Novo

O World Geodetic System (WGS) é um padrão para uso em cartografia, geodésia e navegação por satélite, incluindo GPS. Este padrão inclui a definição das constantes fundamentais e derivadas do sistema de coordenadas, o modelo elipsoidal (normal) da Terra Gravitacional (EGM). Geodetic CRS: WGS 84. Datum: World Geodetic System 1984. Elipsóide: WGS 84. Meridiano principal: Greenwich. Fonte de dados: OGP Insira (WGS84) latitude / longitude, coordenadas UTM ou referência de grade MGRS / NATO nas caixas de teste para testar os cálculos (os valores são atualizados automaticamente na entrada. Isso ocorre porque as coordenadas mais precisas na Nova Zelândia foram calculadas usando conexões para controle geodésico NZGD2000 ou alinhado com alguns outros dados NZGD2000. Por exemplo, é comum que as coordenadas GNSS com precisão de centímetros sejam referenciadas às coordenadas NZGD2000 de uma estação base. Em outros casos, uma transformação do local pode ter sido calculada no campo usando coordenadas NZGD2000. A confusão WGS84 geralmente ocorre porque as órbitas dos satélites GPS são transmitidas em termos de WGS84. Mas para um posicionamento preciso, são as coordenadas do controle de solo, e não os satélites, que determinam o datum das coordenadas. Normalmente, NAD83 e WGS84 estão a menos de um metro um do outro. Suas preocupações sobre diferenças de 2,5 pés, que são menos de um metro, indicam que você precisa fazer isso d transformação atum

Sistema Geodésico Mundial (WGS84) - Geografia GIS

  1. WGS-84 (World Geodetic System 1984) - Světový geodetický referenční systém z roku 1984 je založený na referenčním elipsoidu, trefně označeném také WGS-84 (parametria a = 6378137,00000 m, b = 6356752,31425 m) ..
  2. WGS84 vs ETRS89 Mapear a Terra pode ser uma tarefa muito abrangente, longa e demorada. O fato é que é um conjunto de informações muito subestimado, mas extremamente importante
  3. Esquemas anteriores incluíam WGS 72, WGS 66 e WGS 60. WGS 84 é a coordenada de referência Em WGS 84, o meridiano de longitude zero é o Meridiano de Referência IERS. [2] Encontra-se 5,31 segundos de arco.
  4. WGS84. Conversão e transformação simples de coordenadas em Go puro. Alternativas WGS84 e pacotes semelhantes. Com base na categoria GIS
  5. WGS 84 / Pseudo-Mercator é um CRS para determinados aplicativos de mapeamento e visualização da Web. Não é um sistema geodésico reconhecido: para isso ver código elipsoidal Mercator CRS 3395 ..

Wgs-84

  1. Uma string proj para WGS84 e uma para WGS84. Juntos, eles formam o mapeamento do sistema de referência de coordenadas de origem para o sistema de referência de coordenadas de destino. Quando usado com o ..
  2. SUGESTÃO: O datum geodésico WGS84 especifica coordenadas lon / lat (lambda / phi) na forma elipsóide definida com origem definida ([0,0] em um meridiano principal)
  3. O padrão WGS84 do World Geodetic System é usado neste conversor de latitude e longitude para UTM. Qual é o datum para isso? WGS84? NAD83
  4. Para as coordenadas GPS, selecione o sistema WGS84, por exemplo, para converter as coordenadas GPS em coordenadas UTM Zona 10N, escolha WGS84 à esquerda e Zona UTM 10N à direita. Para converter a unidade angular de ..

Esta calculadora usa a fórmula da Vincenty, que é extremamente precisa e precisa no WGS-84 Sistema Geodésico Mundial (normalmente com 0,5 mm ou 0,000015) WGS84 Antártico Polar Estereográfico. WGS84 NSIDC Arctic Polar Stereographic North (EPSG: 3413) (aproximadamente). Limites excedidos Anche al WGS84 é associado ao sistema cartografico UTM, geralmente indicado como UTM (WGS84) pelo sistema equivalente de piano associado all'ED50 EPSG Projection 4326 - WGS 84. Anterior: EPSG: 4324: WGS 72BE | Próximo: EPSG: 4327: WGS 84 (3D geográfico)

WGS84 é a definição padrão do Departamento de Defesa dos EUA de um sistema de referência global para informações geoespaciais e é o sistema de referência para a latitude de ponto do Sistema de Posicionamento Global (GPS). O Google Earth usa o datum geodésico WGS84. O ponto seguinte é pelo Pólo Norte. Deg Min Secs. 84 ° 17'14.0363N, 042 ° 14'52.4473E dd mm ss.ssss ddd mm ss.ssss A saída serial fornece altitude e latitude / longitude em coordenadas WGS84. Preciso obter a distância entre dois pontos para calcular a velocidade. O OpenStreetMap usa o sistema de coordenadas WGS-84, como a maioria das unidades de GPS. No entanto, muitos outros sistemas de coordenadas também existem e são amplamente utilizados, dependendo da região e da aplicação. Cada país tende a usar seu próprio sistema de coordenadas padrão ou preferencial. WGS84 é o modelo preciso da Terra. e é um esferóide.Wolfie6020. Se você quer saber o que é o WGS84, assista a este vídeo. Phil e Joe analisam um relatório OPUS e discutem os vários ..

Por exemplo, um dos CRS mais comumente usados ​​é a projeção latitude-longitude WGS84. Isso pode ser referido usando o código de autoridade EPSG: 4326 WGS 84 é a definição padrão do Departamento de Defesa dos EUA de um sistema de referência global para informações geoespaciais e é o sistema de referência para o Sistema de Posicionamento Global (GPS) WGS84 é o datum usado pelo Sistema GPS Definido por coordenadas de estações de rastreamento e controle regularmente alinhadas com ITRF (em & lt 0,1m). Última realização: WGS84 (G1150). 1150 = semana GPS Usando Dados GPS WGS84 em um Datum WGS84. Abra o ArcMap. Opcional: Adicionar Dados (no menu Arquivo, escolha Adicionar Dados) WGS84 é definido e mantido pela United States National Geospatial-Intelligence Agency (NGA). É consistente, em cerca de 1 cm, com o Quadro de Referência Terrestre Internacional (ITRF)

WGS 84 (World Geodetic System 1984) est un système géodésique mondial. É composto de um sistema de coordenação, de uma elipse de référence (l 'elipsoïde de révolution IAG GRS 80), un .. String para especificar a projeção WGS84 padrão em funções de mapeamento Seu valor é' + proj = longlat + ellps = WGS84 + datum = WGS84 + no_defs 'WGS84 para MSL e oposto. Estou usando o césio para criar um ponto em um mapa. O ponto será então eu tenho um conjunto de coordenadas wgs84 para colocar um polígono no Google Maps. Gostaria de saber se posso usar o mesmo .. Em um espaço aéreo não WGS-84, uma posição derivada de GPS pode não produzir resultados precisos porque os waypoints associados não foram pesquisados ​​usando métodos WGS-84. Portanto, os pilotos são instruídos a ..

WGS 84: Projeção EPSG - Referência Espacial

  • WGS 84 - Precisão histórica. Quadro de referência: rede global de estações de controle que liga um sistema de coordenadas 3-D centrado na Terra e fixo à Terra. Precisão da posição da estação de controle
  • (WGS84). massa do raio equatorial constante gravitacional da Terra. (IUGG) e concordar em coisas como os parâmetros do WGS84. Além disso, eles definem algo chamado de fórmula de gravidade internacional
  • Sistema de coordenadas de entrada selecionado: WGS 84 (EPSG: 4326) Aplicado Proj.4 tex

Ferramentas Javascript para ler / escrever coordenadas WGS84 em notação sexagesimal e decimal. Adicione uma descrição, imagem e links para a página do tópico wgs84 para que os desenvolvedores possam aprender mais facilmente sobre ela WGS - 84 жүйесінің бастапқысы Жер салмақтарының орталығында орналасқан. Z осьі шартты жерлік полюсіне бағытталған, Х осьі WGS-84-тің тірек меридианы жазықтығы мен УЗПорава .. O Sistema Geodésico Mundial é um padrão para uso em cartografia, geodésia e navegação. Ele compreende um quadro de coordenadas padrão para a Terra, uma superfície de referência esferoidal padrão (o datum ou elipsóide de referência) para dados de altitude brutos e uma superfície equipotencial gravitacional (o geóide).

Wgs84 · Tópicos do GitHub · GitHu

  • Convertendo NAD83 em WGS84. Criado em 17 de dezembro de 2016. Dica: ao criar um local de estação base, você DEVE converter a posição da antena da estação base para WGS84 (não NAD83) e, em seguida, usar ..
  • Procurando uma definição online de WGS-84 ou o que WGS-84 significa? WGS-84 está listado no maior e mais confiável banco de dados de abreviações e acrônimos do mundo
  • ou eixos são expressos em metros

WGS84 é o CRS mais comum do mundo, por isso vale a pena conhecer seu código EPSG: 4326. Este 'número mágico' pode ser usado para converter objetos com CRSs projetados incomuns em algo que é amplamente .. 2018wgs84. Estudante de: 2018wgs7y Scratcher Registrou-se há 1 ano, 1 mês Estados Unidos Não: GPS sisteminin alternatifi olarak Rus GLONASS sistemi mevcuttur. Ayrıca Avrupa Birliği Galileo sistemi üzerinde çalışmaktadır. WGS84 Nedir wgs84-raster-util. Descrição. Utilitários geográficos para manipular gráficos raster usando datum WGS84 http://www.mapbasic.ru/msk-wgs

Por exemplo, a projeção WGS84 é geográfica. Dito isso, observo que alguns dados de GPS são descritos como NAD83 / WGS84 ″ usando a isenção de responsabilidade de que As diferenças entre esses dois .., o conversor de coordenadas mundial é uma ferramenta para converter coordenadas geodésicas em uma ampla gama de sistemas de referência


Zonas de Coordenadas de Planos Estaduais de 1983, Falsos Leste e Escala

Em vários casos, os limites das zonas coordenadas do plano estadual hoje, SPCS83, o Sistema de Coordenadas do Plano Estadual baseado em NAD83 2011 (2010.0) e seu elipsóide de referência GRS80, diferem dos limites da zona original. A base do Sistema de Coordenadas do Plano Estadual original, SPCS27, foi NAD27 e seu elipsóide de referência Clarke 1866. Como mencionado anteriormente, as coordenadas geográficas, latitudes e longitudes NAD27 diferem significativamente daquelas em NAD83 2011 (2010.0). Na verdade, a conversão de coordenadas geográficas, latitude e longitude, em coordenadas de grade, y e x, e back é uma das três conversões fundamentais no sistema de coordenadas do plano estadual. É importante porque todo o objetivo do SPCS é permitir que o usuário trabalhe em coordenadas planas, mas ainda tem a opção de expressar qualquer um dos pontos em consideração em qualquer latitude e longitude ou Coordenadas do Plano do Estado sem perda significativa de precisão. Portanto, quando o controle geodésico foi migrado de NAD27 para NAD83 2011 (2010.0), o Sistema de Coordenadas do Plano Estadual teve que ir junto. Quando a migração foi realizada na década de 1970, representou uma oportunidade para uma reformulação do sistema. Muitas opções foram consideradas, mas no final, apenas algumas alterações foram feitas. Uma das razões para a postura conservadora foi o fato de 37 estados terem aprovado legislação apoiando o uso das Coordenadas Estaduais de Aviões. No entanto, algumas zonas receberam novos números e algumas das zonas mudaram. As zonas são numeradas no sistema SPCS83 conhecido como FIPS. FIPS significa Federal Information Processing Standard, e cada zona SPCS83 recebeu um número FIPS. Hoje em dia, as zonas são frequentemente conhecidas como Zonas FIPS. As zonas SPCS27 não tinham esses números FIPS. Conforme mencionado anteriormente, o objetivo original era manter cada zona pequena o suficiente para garantir que a distorção da escala fosse de 1 parte em 10.000 ou menos, mas quando o SPCS83 foi projetado, essa escala não foi mantida em alguns estados. Em cinco estados, algumas zonas SPCS27 foram eliminadas completamente e as áreas que cobriram foram consolidadas em uma zona ou adicionadas a zonas adjacentes. Em três desses estados, o resultado foi uma única grande zona. Esses estados são Carolina do Sul, Montana e Nebraska. Em SPCS27, Carolina do Sul e Nebraska tinham duas zonas em SPCS83, eles têm apenas uma, zona FIPS 3900 e zona FIPS 2600, respectivamente. Montana tinha anteriormente três zonas. Ele tem uma, zona FIPS 2500. Portanto, como a área coberta por essas zonas únicas se tornou tão grande, elas não são limitadas pelo padrão de 1 parte em 10.000. A Califórnia eliminou a zona 7 e adicionou essa área à zona FIPS 0405, anteriormente zona 5. Duas zonas anteriormente cobriam Porto Rico e as Ilhas Virgens. Eles têm um. É a zona FIPS 5200. Em Michigan, três zonas Transverse Mercator foram totalmente eliminadas.

Em ambas as projeções Transverse Mercator e Lambert Conic, as posições dos eixos são semelhantes em todas as zonas SPCS. Como você pode ver na ilustração, cada zona possui um meridiano central. Esses meridianos centrais são verdadeiros meridianos de longitude próximos ao centro geométrico da zona. Observe que o meridiano central não é o y-eixo. Se fosse o y- Coordenadas negativas do eixo resultariam. Para evitá-los, o real y-o eixo é movido para o oeste da própria zona. No antigo arranjo SPCS27, o y-eixo estava a 2.000.000 pés a oeste do meridiano central na projeção Lambert Conic e 500.000 pés na projeção Transverse Mercator. No projeto SPCS83, essas constantes foram alteradas. The most common values are 600,000 meters for the Lambert Conic and 200,000 meters for the Transverse Mercator. However, there is a good deal of variation in these numbers from state to state and zone to zone. In all cases, however, the y-axis is still far to the west of the zone and there are no negative State Plane Coordinates. No negative coordinates, because the x-axis, also known as the baseline, is far to the south of the zone. Where the x-axis and y-axis intersect is the origin of the zone, and that is always south and west of the zone itself. This configuration of the axes ensures that all State Plane Coordinates occur in the first quadrant and are, therefore, always positive.

It is important to note that the fundamental unit for SPCS27 was the U.S. survey foot, but "the U.S. survey foot will be phased out as part of the modernization of the National Spatial Reference System (NSRS). From this point forward, the international foot will be simply called the foot." https://www.nist.gov/pml/us-surveyfoot. The fundamental unit for SPCS83, it is the meter.

This brings us to the scale factor, also known as the K factor and the projection factor. It was this factor that the original design of the State Plane Coordinate system sought to limit to 1 part in 10,000. As implied by that effort, scale factors are ratios that can be used as multipliers to convert ellipsoidal lengths, also known as geodetic distances, to lengths on the map projection surface, also known as grid distances, and vice versa. Please notice that the geodetic distance is the distance on the ellipsoid of reference, not the distance measured on the surface of the earth. So, the geodetic length of a line, on the ellipsoid, multiplied by the appropriate scale factor will give you the grid length of that line on the state plane (the map). And the grid length multiplied by the inverse of that same scale factor would bring you back to the geodetic length again. There's another factor that will get you from topographic surface of the earth —where the measurement was made— down to the ellipsoid. However, at the moment we're talking about the scale factor. Here in this image, you see a state plane, and a horizontal line is indicated between the bases of the red arrows. Please notice that between the standard lines, the scale is too small on the state plane. And outside the standard lines, the scale is too large on the state plane. So, the line between the bases of those two red arrows on the ellipsoid of reference will be projected inward from the ellipsoid to the state plane. As it's projected inward —the line shortens. That means that between the intersection of standard lines, the grid (state plane) is under the ellipsoid. In that area, a distance from one point to another is longer on the ellipsoid than on the state plane. This means that right in the middle of the State Plane coordinate systems zone, the scale is at its minimum. In the middle, a typical minimum State Plane coordinate scale factor is not less than 0.9999. Outside of the standard lines, the grid (state plane) is above the ellipsoid where the distance from one point to another is shorter on the ellipsoid than it is on the state plane. There, at the edge of the zone, a maximum typical State Plane coordinate system scale factor is generally not more than 1.0001.

The projection used most on states that are longest from east to west is the Lambert Conic. In this projection, the scale factor for east-west lines is constant. In other words, the scale factor is the same all along the line. One way to think about this is to recall that the distance between the ellipsoid and the map projection surface does not change east to west in that projection. On the other hand, along a north-south line, the scale factor is constantly changing on the Lambert Conic. And it is no surprise then to see that the distance between the ellipsoid and the map projection surface is always changing along the north to south line in that projection. But looking at the Transverse Mercator projection, the projection used most on states longest north to south, the situation is exactly reversed. In that case, the scale factor is the same all along a north-south line, and changes constantly along an east-west line.

Both the Transverse Mercator and the Lambert Conic used a secant projection surface and originally restricted the width to 158 miles. These were two strategies used to limit scale factors when the State Plane Coordinate systems were designed. Where that was not optimum, the width was sometimes made smaller, which means the distortion was lessened. As the belt of the ellipsoid projected onto the map narrows, the distortion gets smaller. For example, Connecticut is less than 80 miles wide north to south. It has only one zone. Along its northern and southern boundaries, outside of the standard parallels, the scale factor is 1 part in 40,000, a fourfold improvement over 1 part in 10,000. And in the middle of the state, the scale factor is 1 part in 79,000, nearly an eightfold increase. On the other hand, the scale factor was allowed to get a little bit smaller than 1 part in 10,000 in Texas. By doing that, the state was covered completely with five zones. And among the guiding principles in 1933 was covering the states with as few zones as possible and having zone boundaries follow county lines. Still it requires ten zones and all three projections to cover Alaska.

When SPCS 27 was current, scale factors were interpolated from tables published for each state. In the tables for states in which the Lambert Conic projection was used, scale factors change north–south with the changes in latitude. In the tables for states in which the Transverse Mercator projection was used, scale factors change east-west with the changes in x-coordinate. Today, scale factors are not interpolated from tables for SPCS83. For both the Transverse Mercator and the Lambert Conic projections, they are calculated directly from equations. There are also several software applications that can be used to automatically calculate scale factors for particular stations. They can be used to convert latitudes and longitudes to State Plane Coordinates. Given the latitude and longitude of the stations under consideration, part of the available output from these programs is typically the scale factors for those stations. To illustrate the use of these factors, consider a line with a length on the ellipsoid of 130,210.44 feet, a bit over 24 miles. That would be its geodetic distance. Suppose that the scale factor for that line was 0.9999536, then the grid distance along the line would be:

Geodetic Distance * Scale Factor = Grid Distance

130,210.44 pés * 0.999953617 = 130,204.40 pés

The difference between the longer geodetic distance and the shorter grid distance here is a little more than 6 feet. That is actually better than 1 part in 20,000 please recall that the 1 part in 10,000 ratio was originally considered the maximum. Distortion lessens, and the scale factor approaches 1 as a line nears a standard parallel. Please also recall that on the Lambert projection, an east–west line, that is a line that follows a parallel of latitude, has the same scale factor at both ends and throughout. However, a line that bears in any other direction will have a different scale factor at each end. A north–south line will have a great difference in the scale factor at its north end compared with the scale factor of its south end.

Where K is the scale factor for a line, K1 is the scale factor at one end of the line and K2 is the scale factor at the other end of the line. Scale factor varies with the latitude in the Lambert projection. For example, suppose the point at the north end of the 24-mile line is called Stormy and has a geographic coordinate of:

and at the south end the point is known as Seven with a geographic coordinate of:

The scale factor for point Seven is 0.99996113 and the scale factor for point Stormy is 0.99994609. It happens that point Seven is further south and closer to the standard parallel than is point Stormy, and it therefore follows that the scale factor at Seven is closer to 1. It would be exactly 1 if it were on the standard parallel, which is why the standard parallels are called lines of exact scale. The typical scale factor for the line is the average of the scale factors at the two end points:

Deriving the scale factor at each end and averaging them is the usual method for calculating the scale factor of a line. The average of the two is sometimes called Km.

However, it can also be done by the precise method K = K1 + K2 + 4Km/6


5 respostas 5

Huh? Mathf.Deg2Rad is a float . Either use Math.PI / 180 or change the type of lowerLatitude to float , but don't work with low-precision values and then implicitly claim that the result is high-precision.

This (and all the other similar lines) is weird. I can understand using the old-style

but the only reason I can see to use the hybrid form is if there's also a setter.

Actually, I think there's a better way to handle derived constants. If you use static readonly fields and a static constructor, the calculation only has to be done once and the methods which you created to share the code can be hidden inside a private scope. Following t3chb0t's comments on variable names:

Note that I've also refactored N to an algebraically equivalent expression ( $log(x/y)=log x - log y$ and $log_b x = log x / log b$ ) and verified that the result is the same.

And as a minor point of spelling: in English the non-circularity of an ellipse is eccentricity with a double-c, reduced from the -xc- of its etymology.


CH1903 to WGS84

Convert coordinates between WGS84 and Swiss Grid 1903 & reverse geocode placenames and coordinates: HALO-Photographs-Home: Search options: WGS 84 or Location: reverse Geocode: / Swiss-Grid CH1903: X-Coordinate: Y-Coordinate: Swiss Grid Conversion. Swiss Grid Conversion ist ein auf Google Maps aufbauendes Kartentool, das die Arbeit mit schweizer Koordinaten ('Swiss Grid', CH1903) erleichtern. Koordinaten Umrechner für WGS84, UTM, CH1903, UTMREF(MGRS), Gauß-Krüger, NAC, W3W Login. Umrechner - Karte. Umrechner - Listen. Kommentare. Informationen. Changelog. Mehr Formate (Beta) PDF-Druck. Vollbild. Verlauf . Hier findest du die Koordinaten, die du zuletzt angeklickt bzw. eingegeben hast. Verlauf ein/ausblenden. Tabelle ein/ausblenden. Suche nach Adresse, Ort oder POI. This template is designed to convert a set of Swiss coordinates into either the corresponding WGS84 decimal latitude or longitude.It is intended to facilitate the usage of geodata (see <<>>) in articles about subjects for which only Swiss coordinates are readily available.The template should always be substituted Parameter values are from CH1903+ to CHTRF95 (1) (code 1509) assuming that CHTRF95 is equivalent to WGS 84. That transformation is also given as CH1903+ to ETRS89 (1) (code 1647). CHTRF95 is a realisation of ETRS89

Convert Coordinates between Swiss Grid CH1903 and WGS84

  1. Coordinates converter for WGS84, UTM, CH1903, UTMREF(MGRS), Gauß-Krüger, NAC, W3W . Converter - Map. Comments. Em formação. More formats (Beta) PDF. full screen. História. Here you can find the coordinates you last clicked or entered. Show/Hide History. Show/Hide Table . Search by address, place or POI. Example: North 47.018711° | East 12.34256° Input: The input of the latitude is a.
  2. Schweizer Gitter LV03(CH1903) oder LV95(CH1903+): y/x (Bsp: 602030 / 191776 resp. 2602030 / 1191776 ) Die Umrechnungformel beruht auf den Angaben der Landestopographie - es wird jedoch keine Haftung für die Funktion übernommen
  3. Convert Swiss coordinate data to normal WGS84 coordinates you find with GPS devices. Newest functions Upload a function Leave a tip My account. There are 2,285 functions in this library. _GEO_CH1903_WGS84 ( y x ) Convert Swiss coordinate data to normal WGS84 coordinates you find with GPS devices. Average rating: 3.7 (41 votes) Log in to vote : Ralph Nusser - Show more from this author.
  4. g that CHTRF95 is equivalent to WGS 84. That transformation is also given as CH1903+ to ETRS89 (1) (code 1647). CHTRF95 is a realisation of ETRS89

Es löst das alte lokale Bezugssystem CH1903 ab, welches für mehr als 100 Jahre Grundlage der Vermessung in der Schweiz war. Siegfriedkarte Hintergrundinformationen. Mit dem Topographischen Atlas der Schweiz 1:25 000/1:50 000 (Siegfriedkarte) wurden die Originalaufnahmen publiziert, welche als Grundlage für die Erstellung der Dufourkarte dienten. Gestützt auf zwei Bundesgesetze von 1868. Super-simple PHP library to transpose GPS (WGS84) coordinates to/from the Swiss military and civilian coordinate systems CH1903/LV03 (MN03) or CH1995/LV95 (MN95). In this library, the approximate formulas have been used for the direct conversion of ellipsoidal WGS84 coordinates to Swiss plane coordinates Länge von Bern <> 7.43863722222 Breite von Bern <> 46.9510811111 (6-stellige Koordinate in Kilometern: 3 Vor-, 3 Nachkommastellen) Liechtenstein. Amtliche Vermessungen von Liechtenstein verwenden die Schweizer Zivilkoordinaten, diese werden in der Schweiz selber nicht mehr verwendet. Ursprung der. In order to convert between WGS84 and MGI add +ellps=bessel +towgs84=577.326,90.129,463.919,5.137,1.474,5.297,2.4232 You cannot use proj directly but have to use cs2cs instead. Only this allows translation between any pair of definable coordinate systems, including support for datum translation (from the man-page of proj)

Umrechnung WGS84 auf CH1903 Berechnungsgrundlagen. Die Umrechnung von den ellipsoidischen WGS84-Koordinaten auf die Schweizer Projektionskoordinaten (CH1903) kann mittels einer Näherungsformel leicht bewerkstelligt werden. Mit den unten beschriebenen Formeln ist eine Genauigkeit von etwa einem Meter möglich Scripts for WGS84<->LV03. swisstopo created some script examples allowing to calculate the Swiss projection. This allows you to convert WGS84 coordinates to CH1903/LV03 or vice versa. In these scripts, the approximate formulas are used for the direct conversion of ellipsoidal WGS84 coordinates to Swiss plane coordinates LV03 (CH1903). These. The CoordinateConversion extension allows the conversion of WGS84 coordinates to the national coordinate systems of: . The Netherlands - Rijksdriehoekscoördinaten, RD France - Lambert93 Belgium - Lambert2008 Suisse - CH1903 (LV03) and CH1903+ (LV95) Finland - TM35FIN, extended UTM zone 35 I have a few CH1903/LV03 layers (lake, river and the country border of Switzerland) and a layer in WGS84 (two points of two cities, Vaduz and Bregenz). On-the-fly-transformation is activated but.

Koordinaten Umrechner für WGS84, UTM, CH1903, UTMREF(MGRS

Vorlage:CH1903-WGS84 Connected to: <<::readMoreArticle.title>> aus Wikipedia, der freien Enzyklopädie. Nur Substitution. Diese Vorlage ist zur Umrechnung aus Landeskoordinaten gedacht. Bitte nur in folgender Form verwenden: ((subst:CH1903-WGS84| y-Wert | x-Wert | Meter über Meer |koor= (L/B/H))) Nicht substituiert können die Geographischen Koordinaten nicht im WGS84-Format ausgelesen werden. . CH1903+ / LV95 . WGS84 Bounds: 5.9700, 45.8300, 10.4900, 47.8100 Projected Bounds: 2485869.5728, 1076443.1884, 2837076.5648, 1299941.7864 Scope: Large.

Template:CH1903-WGS84 - Wikipedi

  1. I had no problems projecting some shapefiles from WGS84 to CH1903.prj. I think it has to do with the fact these layers were already defined, so just changed coordinate system. Also in the process here (Feature - Project) geographic transformation option is available to define the transition from one coordinate system to the other (WGS_1984_To_CH_1903). I need the same coordinate system for.
  2. CH1903-2 to WGS84 CH1903+ to CHTRF95 CH1903+ to ETRS89 CH1903+ to WGS84 Chatham Island Astro 1971 to WGS84 Chos Malal 1914 to Campo Inchauspe CHTRF95 to WGS84 Chua to WGS84 Combani 1950 to WGS84 Conakry 1905 to WGS84 Corrego Alegre to WGS84 CSG67 to RGFG95 CSG67 to WGS84 Dabola to WGS84 Datum73-1 to ETRS89 Datum73-2 to ETRS89 Datum73-2 to WGS84 Dealui Piscului 1933 to WGS84 Deir ez Zor to.
  3. Umrechnung Schweizer Landeskoordinaten (CH1903) > WSG84: Office Forum-> Excel Forum-> Excel Formeln: zurück: Stunden in dezimalstellen weiter: Funktion Verketten mit Zwischenzeichen: Unbeantwortete Beiträge anzeigen : Status: Feedback: Facebook-Likes: Diese Seite Freunden empfehlen Zu Browser-Favoriten hinzufügen: Autor Nachricht metno Neuling Verfasst am: 13. Jan 2010, 17:04 Rufname.

About Press Copyright Contact us Creators Advertise Developers Terms Privacy Policy & Safety How YouTube works Test new features Press Copyright Contact us Creators. Schweizer Gitter LV03(CH1903) oder LV95(CH1903+):. y/x (Bsp: 602030 / 191776 resp. 2602030 / 1191776 ). Allgemein. Worum geht es? Das Koordinatensystem der Schweiz wurde im Jahr 1903 festgelegt und wird deshalb CH1903 genannt. In den 1990er Jahren Swiss Grid [Wikipedia]. CH1903+. / E.g.: 2 683 285 / 1 247 491. CH1903. / E.g.: 683 285 / 247 491. Geogr. Coordinates (WGS84) [Wikipedia. . Gibst Du die swissgrid Koordinaten auch im CH1903 Format ein? Wenn ich unter GRID im E-Feld (z.b. 600000) und bei dem N-Feld (z.b. 200000) eingebe und dann den DONE Button berühre wird bei mir exakt in WGS84 und UTM umgewandelt

CH1903+ to WGS 84 (1) - GeoRepositor

I need convert UTM coordinates (EPSG:23030,Datum ED50,30N,Ellips Hayford 1924) to WGS84 (For rendering on Google). I'm trying with ArcGIS library but I don't get the expected result. This is my cod.. . Single-click conversion of CH1903+ LV95, CH1903 LV03, CH1903 LV03C-G

CH1903 (auch Swiss Grid, LV03) (y 611313 x 271026) (Bessel 1841) y x (WGS84) Open Location Code: Was ist ein Open Location Code? Ein Open Location Code ist ähnlich dem QTH Locator oder Geohash ein Format für Koordinaten in Kurzschreibweise. Die Genauigkeit steigt mit der Länge. An 9. Stelle hat der OLC ein + Zeichen. Ein 11-stelliger OLC (8FXHM23Q+M9) hat eine Genauigkeit von ca. 14. Image coordinate system. The horizontal image coordinate system in Pix4Dmatic is automatically set to WGS84 - EPSG:4326. The vertical coordinate system is automatically defined based on the camera model of imported images: WGS84 - EPSG 7030 ellipsoid for images taken with DJI Phantom 4 RTK, senseFly AeriaX, S.O.D.A., S.O.D.A. 3D, and S.O.D.A. Corridor cameras Grafische Darstellung der Differenzen zwischen CH1903/CH1903+ und ETRS89/WGS84.. Die Schweizer Landeskoordinaten, mit CH1903 oder LV03 für «Landesvermessung 1903» in Umstellung ist, ist das der Landesvermessung 1995 (LV95), in der Form CHTRS95 (Swiss Terrestrial Reference System 1995) und CH1903+. Das neue Koordinatensystem wird CH1903+ genannt. Diese Ablösung erfolgt kantonsweise.

Grad Minuten WGS84, GM z. B. N 50° 56.46 E 6° 57.411. Grad Minuten Sekunden WGS84, GMS z. B. N 50° 56' 28.014 E 6° 57' 24.7104. UTM-Koordinaten WGS84 32U 356459 5645264. Natural Area Coding WGS84, NAC z. B. HKCQX9 RGP50H. Hilfe zur Eingabe × . Adresse / Ort. Bei der Eingabe kannst du mit Freitext nach Adressen oder Orten suchen. Je genau deine Angabe ist, desto besser wird das Ergebnis. EPSG:21781. CH1903 / LV03 . WGS84 Bounds: 5.9700, 45.8300, 10.4900, 47.8100 Projected Bounds: 485869.5728, 76443.1884, 837076.5648, 299941.7864 Scope: Large and.

Coordinates converter for WGS84, UTM, CH1903, UTMREF(MGRS

the converted CH1903 point as WGS84 point. 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 # File 'lib/swissgrid/ch1903.rb', line 16 def self. from_wgs84 (a_point) lat, lon, z = a. Retorte.ch Koordinator, a map tool based on Google Maps to determine and convert coordinates in the systems Swissgrid, WGS84, UTM and Gauss-Krüger. Le Retorte.ch Koordinator est un outil de carte se basant en Google Maps, afin de faciliter le travail avec les différents systèmes de coordonnées Swissgrid, WGS84, UTM et Gauss-Krüger Koordinaten

In Schweizer Koordinaten umrechnen (WGS84 Schweizer Gitter

FileMaker Custom Function: _GEO_CH1903_WGS84 ( y x

Bestimmung einer globalen Projektion ¶. QGIS starts each new project using the global default projection. The global default CRS is EPSG:4326 - WGS 84 (proj=longlat +ellps=WGS84 +datum=WGS84 +no_defs), and it comes predefined in QGIS.This default can be changed via the Select CRS button in the first section, which is used to define the default coordinate reference system for new projects, as. Wenn die Qualität schlecht ist, bietet die App ein. Online Koordinaten Umrechner für WGS84, UTM, CH1903, UTMREF(MGRS), Gauß-Krüger, NAC Inkl. Kartendarstellung. Gut geeignet, um die Koordinaten für den Sourcecode zu ermitteln GPS - NMEA. Der GPSMAP 7407 wurde für Freizeitskipper, Segler und Wettkampfsegler entwickelt und ist mit einem 7. Login. Hier kannst du beliebige Koordinaten zueinander umrechnen und dir auf der grossen Karte anzeigen lassen. Unterstuetzte Systeme sind derzeit UTM, UTMRF/MGRS, CH1903, Gauss-Krueger und WGS als Dezimal, Dezimalminuten oder in Grad, Minuten und Sekunden Nur Substitution. Diese Vorlage ist zur Umrechnung aus Landeskoordinaten gedacht. Bitte nur in folgender Form verwenden: <> Nicht substituiert können die Geographischen Koordinaten nicht im WGS84-Format ausgelesen werden und stehen folglich WP:GEO nicht zur Verfügung Since CH1903 and CH1903+ are very close and only ever differ from each other by a couple of metres (the difference varies across Switzerland), it is reasonable to consider CH1903 as an approximation of CH1903+ and hence the parameters are also valid for CH1903 to ETRS89 (with an accuracy of a couple of metres). Indeed as the difference between ETRS89 and WGS84 (a few tens of centimetres) is.

CH1903+ / LV95 - Swiss CH1903+ / LV95 - EPSG:205

  • PD/83 to WGS84 (BeTA2007) BETA2007_15955.wkt. Corrego Alegre 1961 to SIRGAS 2000 (NTv2) CA61_003_5525.wkt. CA 1961 to WGS84 (NTv2) CA61_003_5540.wkt. Corrego Alegre 1970-72 to SIRGAS 2000 (NTv2) CA7072_003_5526.wkt. CA 1970-72 to WGS84 (NTv2) CA7072_003_5541.wkt. La Canoa to WGS84 (NTv2) Venezuela. canoa_wgs84_mb_79.wkt. CH1903 to CH1903+ (NTv2.
  • _GEO_WGS84_CH1903 ( Lat1 Lng1 ) Converts GPS data from WGS84 to Swiss CH1903 coordinates Average rating: 4.2 (33 votes) Log in to vot
  • istrationslevel Spezielle Koordinaten-Vorlagen für die Verwendung in Infobox-Vorlagen (indirekte Einbindung der.
  • Converts a CH1903 point to a WGS84 point. Parameters: a_point (List) — the CH1903 point to be converted. Returns: (List) — the converted CH1903 point as WGS84 point. 22 23 24 # File 'lib/swissgrid.rb', line 22 def self. WGS84 (a_point) WGS84. from_ch1903 (a_point) end: Generated on Sat Apr 24 01:11:16 2021 by yard 0.9.25 (ruby-2.7.0)..
  • App Provides: CH1903 / LV03 Grid Ref, and WGS84 Latitude and Longitude values. The Accuracy of Readings, as indicated by your device, will also be shown. Pin the app to your Home Screen, and have your latest Grid Reference coordinates saved as a Live Tile. Share your Location via Text, Email, Twitter, Social Media. (services vary by device). Grid Ref CH1903 - Your Grid Reference App! App will.
  • ch1903 ⇔ wgs84 `Éë=ÑçêãìäÉë=ëçåí=ëìêíçìí=éê¨îìÉë=éçìê=ÇÉë=

íáçåë=Ö¨çǨëáèìÉë=>= = lÅíçÄêÉ=ommr= m

Transformation CH1903 ⇔ WGS84 Diese Formeln sind vor allem für Navigationszwecke vorgesehen. Diese Formeln dürfen nicht für die amtliche Vermessung oder für geodätische Anwendungen verwendet werden ! Oktober 2005 = == = pÉáíÉ=N= = == = === Näherungsformeln für die direkte Umrechnung von: ellipsoidischen WGS84-Koordinaten (φ, λ, h) ⇒ Schweizer Projektionskoordinaten (y, x, h. (CH1903 / LV09) App Provides: Swiss Grid Ref, and WGS84 Latitude and Longitude values. The Accuracy of Readings, as indicated by your device, will also be shown. Share your Location via Text, Email, Tweet etc, or Copy to the Clipboard. (Sharing options and services will vary, depending on the device setup). Grid Ref CH1903 - Your GPS Grid Reference Finder App! App will operate internationally.

Transformations- und Rechendienst

  1. ica 1945 / British West Indies Grid, Katanga 1955 / Katanga Lambert or NAD83 / Oklahoma South. A list of all supported systems/datums is given below. Features: For support, questions, remarks, etc. please contact us at : [email protected] • Over 3800 coordinate.
  2. I believe that you should re-project Project—Help | ArcGIS Desktop this data to GCS_WGS84 before uploading to AGOL. Projected Coordinate System: CH1903_LV03, is based on GCS_CH1903 and will require a datum transformation as well. There are several available in the system
  3. For the images: WGS84 (egm96). If the images are captured with a senseFly drone, the default Selected Coordinate System is WGS 84 (Geoid HeightAbove WGS 84 Ellipsoid=0). For the GCPs: The coordinate system that is selected when creating a new project under the Output / GCP Coordinate System section: Step 2. Creating a Project. For the Outputs: Arbitrary: if the project has neither image.

GitHub - antistatique/swisstopo: Convert GPS (WGS84) to

Swissgrid CH1903. If you're dealing with coordinates in Switzerland, you may find it necessary to deal with the Swiss coordinate system known as CH1903.In this case, it can be useful to be able to convert coordinates from this Swiss system (given as a pair of 6-digit integers) into the more generally-used global system known as WGS84 (given as a latitude and longitude in degrees) Questo template è disegnato per convertire il Sistema di coordinate svizzere nel World Geodetic System 1984 con latitudine o longitudine decimale. È inteso a facilitare l'uso di geodata negli articoli per cui sono disponibili solo le coordinate svizzere. Il template dovrebbe sempre essere sostituito. Esempio di uso: per stabilire le coordinate WGS84 di Berna dalle sue coordinate svizzere di.

Vorlage:CH1903-WGS84 - Wikipedi

  1. Easting von Bern <> 600000 Northing von Bern <> 200000 Liechtenstein. Amtliche Vermessungen von Liechtenstein verwenden die Schweizer Zivilkoordinaten, diese werden in der Schweiz selber nicht mehr verwendet. Ursprung der Zivilkoordinaten (0/0) ist Bern 600000/200000.
  2. Wenn topografischen Schweizer-Karten mit dem üblichen CH1903 - Koordinatensystem verwendet werden, muss der Setup im GPS System entsprechend eingestellt sein. Das GPS verwendet intern immer das WGS84 Datum! Nur der Display zeigt das Datum CH1903. Zusammenhang CH1903 und WGS84
  3. GPS-Koordinaten-Umrechnen. Das gedachte Koordinatensystem bzw. Gradnetz der Erde ist heute weltweit standardisiert. In Zeiten der Satelliten-Navigation hat man ein einheitliches System geschaffen - WGS84 (World Geodetic System 1984).. Bei der Umrechnung von einem in das andere Bezugssystem (z.B. in Land- oder Seekarten) können große Abweichungen entstehen

Converting to WGS84 - OpenStreetMap Wik

UTM-Koordinaten (WGS84)[3]. Zone 32-Nord (Planquadrat 32U, für die Berechnung der Zahlenwerte unerheblich). Da UTM ursprünglich als Meldesystem für das amerikanische Militär eingeführt wurde, ist die Benennung bei UTM-Koordinaten in der Darstellungsform UTMREF/MGRS.. Umrechnen von kartesischen Koordinaten in Polarkoordinaten. Wen das nicht interessiert, kann sich einfach die Formel am. WGS84: 46.9510827861504654, 7.4386324175389165) Vaduz LI y=158008, x=23061 (CH1903: y = 758008, x= 223061) Anwendungsgebiete. CH1903 ist das amtliche Koordinatensystem in der Schweiz. Das Amt für Raumordnung und Vermessung, das Bundesamt für Statistik und viele andere Behörde

Schweizer Landeskoordinaten - Wikipedi

Quelle: Geodaten Kanton Basel-Stadt. Prev. Result 0 / Code PHP de conversion WGS84 - CH1903. Parfois, il est utile de faire la conversion dans un bout de programme. Ainsi voici les fonctions php qui convertissent des coordonnées wgs84 en CH1903 et inversement. Ces fonctions on été écrites selon les formules fournies par swisstopo. (dans la théorie ci-dessus) /** * converti les coordonnées lat long en wgs84 pour avoir des coordonnées ch1903. 10.3.5 Beispiel CH1903(+)-WGS84/ETRF89 237 10.3.6 Beispiel 40/83-ETRF89/UTM 238. XII Inhalt 10.3.7 Beispiel 42/83 -ETRF89/UTM 239 10.3.8 Beispiel Netz88/Soldner-Berlin - Gauß-Krüger 240 11 Datenmaterial 241 11.1 Zentral- und Bezugspunkte 241 11.2 Maße wichtiger Rotationsellipsoide 242 11.3 Publizierte Transformationsparameter 242 11.4 Daten in ArcGIS 246 12 Schlusswort 247. Schweizer Landeskoordinaten können mithilfe der Vörlaag:CH1903-WGS84 umgerechnet werden. Diese wird dazu substituiert: Beispiel: Bern (600'000/200'000) |NS = <> |EW = <> |region = CH-BE Art des Objekt

Swisstopo Scripts GPS WGS84 <-> LV03 (CH1903) - GitHu

  • Swissgrid (CH1903): 700 838 / 239 579 WGS84 (Grad, Dezimal): 47.29939° N 8.77198° E WGS84 (Grad, Min, Sek): 47°17'57.79″N 8°46'19.11″E Pistolenanlage 50m / 25m. Die 50m/25m-Anlage von oben fotografiert. Im Hintergrund liegt die Schiessanlage 300m/10m. Adresse: Moos, Altrüti, 8625 Gossau ZH. Die Pistolenanlage ist nur unweit von der 300m-Schiessanlage entfernt und über.
  • MN03. Le système MN03 (LV03 en allemand) est introduit en 1903, utilise la projection cartographique Swiss grid [1].. Le système géodésique CH 1903 utilise comme point fondamental le vieil observatoire de Berne (46° 57′ 03,9″ N, 7° 26′ 19,1″ E dans le système géodésique WGS84), position actuelle de l'Institut des Sciences exactes de Berne
  • Swiss Grid Koordinaten x/y [m] | CH1903: 620443 / 225889 GPS Koordinaten L/B [dms] | WGS84: 47 11.018N / 7 42.501E Schussrichtung: Süd Scheiben: 10 Scheiben Polytronic | Nr. 01 - 10 . Technische Angaben 50m | 25m Anlage: Swiss Grid Koordinaten x/y [m] | CH1903: 620390 / 225870 GPS Koordinaten L/B [dms] | WGS84: 47 11.008N / 7 42.459E Schussrichtung: Süd Scheiben 50m: Elektrische Zugscheiben.

Extension:CoordinateConversion - MediaWik

wgs84 umrechnen in bessel 1841 und dann in gauß-krüger umrechnen problem: leider keine venünftige anleitung gefunden. etwas gewagter :) ich nehme die GK Koordinaten aus dem WorldFile und lasse sie in irgendeinem online converter in wgs84 umrechnen und schreibe mir ein neues worldfile. habe allerdings keine ahnung ob das funktionieren würde : Koordinaten berechnen. Die von dir eingegebenen. Eventually though I figured out that the CH1903 datum is referenced to the Bessel reference ellipsoid. This is what is needed for the transformation. Anyways, I wrote the code to do the forward projection, which turned out not to be to bad. I checked it out against some locations I found on the web. Luckily the Swiss like to put both their lat/long and Swiss Grid coordinates on their websites.

Postgis - QGIS with CH1903/LV03 and WGS84 layers

Schlagwort-Archiv: WGS84 Koordinatenumrechner (Schweiz/ International) Von ascii_ch | Oktober 22, 2013 - 15:39 | Juli 28, 2020 Karten, Tools. 16 Kommentare. Folgender Koordinatenumrechner hilft beim Umrechnen von Schweizer (CH1903) und internationalen Koordinaten (WGS84). Die Umrechnung erfolgt auf einer Näherung, welche in der ganzen Schweiz auf einen Meter genau ist. Koordinatenumrechner. Koordinaten: 709147 / 238480 (CH1903) Koordinaten: 47 17'17.45 / 08 52'53.52 (WGS84) Höhe: 950 m.ü.M. Herzlich willkommen auf unserer Club - Hompage. Unsere Relais werden nur durch Spenden finanziert, darum freuen wir uns über jede Unterstützung! Unser Bank-Konto: Ernst Lüber, HB9ZF, Kontonummer: ZKB Wetzikon ZH: Post-Kontonummer: 01-200027-2, ZKB-Konto: 1100-4264.500, IBAN: CH29 0070. Eingabehilfe CH1903-WGS84 substituierbare Hilfsvorlagen zur Eingabe in Schweizer Landeskoordinaten Unter-Vorlagen. Allgemeine Vorlagen für Vorlagen ParmPart: separiert die durch ›/‹ getrennten Parameterteile Vorlage:Info ISO-3166-2: zur Navigation durch die Administrationslevel Spezielle Koordinaten-Vorlagen für die Verwendung in Infobox-Vorlagen (indirekte Einbindung der.

Vorlage:Coordinate/to CH1903 - Wikipedi

Find out where you are on the CH1903 system, immediately, and accurately. App Provides: Swiss Grid Ref, and WGS84 Latitude and Longitude values. The Accuracy of Readings, as indicated by your device, will also be shown To calculate CH1903, 2 steps are required: (1) WSG84 -> CH1903+ (using a formula) (2) CH1903+ -> CH1903 (using a grid / triangulation file) Step (1) if fully implemented. However step (2) is missing. It introduces corrections of up to 3 meters (plus false easting/northing of 2000000/1000000) and accounts for the historical deviations from the modern system. To fix this, we could: Use the. Darstellung der Fischereireviere in Vorarlberg. INSPIRE relevanter Datenbestand. Shape Dateien sind in Massstabsbereiche eingeteilt


Positional Astronomy: Spherical trigonometry

A great-circle arc, on the sphere, is the analogue of a straight line, on the plane.

Where two such arcs intersect, we can define the spherical angle
ou as angle between the tangents to the two arcs, at the point of intersection,
ou as the angle between the planes of the two great circles where they intersect at the centre of the sphere.
(Spherical angle is only defined where arcs of ótimo circles meet.)

UMA spherical triangle is made up of three arcs of great circles, all less than 180°.
The sum of the angles is not fixed, but will always be greater than 180°.
If any side of the triangle is exactly 90°, the triangle is called quadrantal.

There are many formulae relating the sides and angles of a spherical triangle.
In this course we use only two: the sine rule e a cosine rule.

Consider a triangle ABC on the surface of a sphere with radius = 1.

We use the capital letters A, B, C to denote the angles at these corners
we use the lower-case letters a, b, c to denote the oposto lados.
(Remember that, in spherical geometry, the side of a triangle is the arc of a great circle,
so it is also an angle.)


Turn the sphere so that A is at the “north pole”,
and let arc AB define the “prime meridian”.

Set up a system of rectangular axes OXYZ:
O is at the centre of the sphere
OZ passes through A
OX passes through arc AB (or the extension of it)
OY is perpendicular to both.
Find the coordinates of C in this system:
x = sin(b) cos(A)
y = sin(b) sin(A)
z = cos(b)

Now create a new set of axes,
keeping the y-axis fixed and moving the “pole” from A to B
(i.e. rotating the x,y-plane through angle c).
The new coordinates of C are
x’ = sin(a) cos(180-B) = – sin(a) cos(B)
y’ = sin(a) sin(180-B) = sin(a) sin(B)
z’ = cos(a)

The relation between the old and new systems
is simply a rotation of the x,z-axes through angle c:
x’ = x cos(c) – z sin(c)
y’ = y
z’ = x sin(c) + z cos(c)

That is:
– sin(a) cos(B) = sin(b) cos(A) cos(c) – cos(b) sin(c)
sin(a) sin(B) = sin(b) sin(A)
cos(a) = sin(b) cos(A) sin(c) + cos(b) cos(c)

These three equations give us the formulae for solving spherical triangles.

The first equation is the transposed cosine rule,
which is sometimes useful but need not be memorised.

The second equation gives the sine rule. Rearrange as:
sin(a)/sin(A) = sin(b)/sin(B)
Similarly,
sin(b)/sin(B) = sin(c)/sin(C), etc.

So the sine rule is usually expressed as:
sin(a)/sin(A) = sin(b)/sin(B) = sin(c)/sin(C)

The third equation gives the cosine rule:
cos(a) = cos(b) cos(c) + sin(b) sin(c) cos(A)
and similarly:
cos(b) = cos(c) cos(a) + sin(c) sin(a) cos(B)
cos(c) = cos(a) cos(b) + sin(a) sin(b) cos(C)

sine rule:
sin(a)/sin(A) = sin(b)/sin(B) = sin(c)/sin(C)

cosine rule:
cos(a) = cos(b) cos(c) + sin(b) sin(c) cos(A)
cos(b) = cos(c) cos(a) + sin(c) sin(a) cos(B)
cos(c) = cos(a) cos(b) + sin(a) sin(b) cos(C)

The cosine rule will solve almost any triangle if it is applied often enough.
The sine rule is simpler to remember but not always applicable.

Observação that both formulae can suffer from ambiguity:
Por exemplo. if the sine rule yields
sin(x) = 0.5,
then x may be 30° ou 150°.
Or, if the cosine rule yields
cos(x) = 0.5,
then x may be 60° ou 300° (-60°).
In this case, there is no ambiguity if x is a lado of the triangle, as it must be less than 180°,
but there could still be uncertainty if an ângulo of the triangle was positive or negative.

So, when applying either formula, check to see if the answer is sensible.
If in doubt, recalculate using the other formula, as a check.

Alderney, in the Channel Islands, has longitude 2°W, latitude 50°N.
Winnipeg, in Canada, has longitude 97°W, latitude 50°N.
How far apart are they, in nautical miles, along a great-circle arc?

If you set off from Alderney on a great-circle route to Winnipeg,
in what direction (towards what azimuth) would you head?


APPENDIX H.--National and International Datums Used for Digital Elevation Data

Two types of horizontal datums are presently in use for DEM data distributed by the USGS, the civilian North American Datum (NAD) and military World Geodetic System (WGS). The NAD 27 datum is currently used to define positions on USGS topographic maps and 7.5-minute DEM's. Plans are to convert to the new NAD 83 for these applications. The WGS 72 is currently used to define positions for 1-degree DMA DEM's and DTED's. DMA is converting these data to the new WGS 84. The NAD 83 and WGS 84 datums are being phased into the mapping community at different rates or where resources are available. For the conterminous United States these new datums are considered to be functionally the same however, the two have been defined separately since they were designed to serve different segments of the mapping community, primarily civilian and military. The following information will help clarify the relationship between these datums.

The Role of the Ellipsoid in Defining Datums

Unlike local surveys, which treat the Earth as a plane, the precise determination of the latitude and longitude of points over a broad area must take into account the actual shape of the Earth. To achieve the precision necessary for very accurate location, the Earth cannot simply be assumed to be a sphere. Rather, the Earth's shape more closely approximates an ellipsoid (oblate spheroid): flattened at the poles and bulging at the Equator. Thus the Earth's shape, when cut through its polar axis, approximates an ellipse.

Geodetic surveying, which takes into account variations in the shape of the Earth, is based on a reference ellipsoid to the geoid, the actual shape of the Earth, that is selected as a best fit over a limited area. The ellipsoid used to define a datum is a mathematical surface upon which computation of position can be based, as opposed to the actual surface of the Earth on which surveys are conducted. The geoid, which approximates the sea level surface, is an equipotential surface of the Earth's gravity field. It can be thought of as a continuous sea-level surface extended beneath the continents. It is the "level" surface of reference for astronomic observations and geodetic leveling, but because of undulations that respond to the Earth's mass distributions, it is not a useful computational surface for horizontal surveys.

Horizontal Surveys -- Conversions

NAD 27

The NAD 27 is defined with an initial point at Meades Ranch, Kansas, and by the parameters of the Clarke 1866 ellipsoid. The location of features on USGS topographic maps, including the definition of 7.5-minute quadrangle corners, are referenced to the NAD 27.


Assista o vídeo: UTM Projection