Mais

Como importar o waypoint GPS, rastrear informações no ArcMap 10.2?

Como importar o waypoint GPS, rastrear informações no ArcMap 10.2?


Ouvi dizer que o ArcMap 10.2 pode importar waypoint e rastrear informações diretamente de um GPS sem fazer uma ponte com o software MapSource ou BaseCamp. Alguém pode me dar um tutorial ou link para um vídeo que eu possa assistir? Eu uso uma unidade Garmin 60CSx.


Você está falando sobre dados ao vivo ou coisas que já estão salvas no GPS? A resposta da PolyGeo aborda o aspecto em tempo real / ao vivo das coisas (observe que conectá-lo via USB é complicado e pode exigir algum software adicional e não mais compatível da Garmin), mas se você simplesmente deseja importar dados já coletados diretamente no ArcMap de a unidade GPS, eu não acho que isso seja possível sem uma configuração específica. A Esri teria que ter um driver e suporte para acessar o esquema de armazenamento nativo de cada unidade GPS, como está escrito em (ou junto com) MapSource ou BaseCamp para unidades Garmin.

O 60CSx é uma unidade mais antiga (o que eu uso também). Você não pode acessar diretamente os dados armazenados nele no formato de arquivos. Basicamente, você tem que consultar a unidade por meio do protocolo de comunicação, solicitar trilhas / pontos / o que quer que esteja armazenado e, em seguida, ele vai para seu armazenamento interno e extrai os dados que você deseja. O software da Garmin que você mencionou faz isso, e há outros aplicativos de terceiros que podem, mas não estou ciente de nada da Esri.

Há uma exceção a isso. Se você tiver um cartão SD na unidade e configurá-lo para gravar trilhas nele em vez de no armazenamento interno (Menu principal> Trilhas> Configuração), ele armazena as trilhas gravadas como arquivos gpx na raiz do cartão SD. Como eles já são arquivos gpx, você pode simplesmente copiá-los no modo USB Mass Storage sem a necessidade de salvá-los por meio de outro programa. No entanto, observe que ele apenas armazena trilhas lá - quaisquer waypoints (e eu acredito que as rotas) ainda são armazenados internamente e só podem ser acessados ​​via software.


Embora não seja um tutorial ou vídeo, o Suporte ArcMap GPS no ArcGIS 10.2 for Desktop parece estar bem documentado:

Um roteiro para a barra de ferramentas ArcMap GPS Support

O Suporte ArcMap GPS obtém uma alimentação de um receptor GPS e exibe a localização atual na tela. Você também pode armazenar localizações do receptor GPS em um registro para fins de arquivamento ou digitalização em tempo real. Você pode responder à pergunta "Onde estou?" acessando ArcMap GPS Support através da barra de ferramentas GPS no ArcMap ou escrevendo um aplicativo customizado usando ArcObjects.

O local é exibido como um símbolo de marcador definido pelo usuário. Você pode fazer com que o ângulo do símbolo do marcador reflita a direção do movimento (rumo), o tamanho com base na velocidade atual de viagem e a cor com base na altitude. Os locais anteriores podem ser exibidos como uma trilha de marcadores ou como uma linha que você também pode personalizar. A trilha de posições anteriores pode refletir mudanças no rumo, velocidade e altitude.

Você pode manter o local visível na tela girando conforme necessário ou fazer com que a tela se mova automaticamente. Para aplicativos como navegação no carro e sistemas de roteamento, você pode ajustar o local a recursos específicos, como a linha central de uma rua. Você pode gravar localizações de GPS em um registro no modo streaming (a uma taxa ou distância especificada) ou uma de cada vez. Quando um arquivo de log é especificado, você tem a opção de escolher quais colunas são adicionadas à classe de recurso de saída.

Se, depois de explorar as informações e os links dessa página, você ainda estiver travado, estará em uma posição muito melhor para fazer uma pergunta nova e mais focada.


Ferramentas Geográficas Gratuitas

Explorando o mundo de ferramentas gratuitas para GIS, GPS, Google Earth, neogeografia e muito mais.

Importando dados GIS para uma unidade GPS

As unidades GPS são freqüentemente usadas para coletar dados para exportação e uso em GIS. Mas pode haver momentos em que você pode querer fazer o oposto & # 8211 pegar dados GIS e exportá-los para um GPS. Por exemplo, você pode ter um arquivo de forma de área demarcando áreas de levantamento e pode ser útil importar os limites dessa área para sua unidade GPS, para que você saiba quando estiver dentro (ou fora) da área de levantamento. Ou você pode ter um arquivo de forma de ponto com as posições dos pontos de amostragem; seria conveniente poder importar essas posições dos pontos de amostragem para um GPS como waypoints e, em seguida, usar as posições dos waypoints para navegar até eles. Dois dos programas que eu escrevi anteriormente têm a capacidade de importar dados GIS em formato shapefile para uma unidade GPS.


Existem três tipos de shapefiles: ponto, linha e área / polígono. Mas existem apenas dois tipos padrão de dados de posição que podem ser importados por um GPS, áreas de pontos (waypoints) e linhas (trilhas e rotas) não são um tipo de dados compatível. Mas isso não é um problema aqui, porque ambos os programas que eu & # 8217 falarão sobre converter arquivos de forma de área em uma linha que descreve o perímetro da área, que pode ser exportada para uma unidade GPS.

GPS Trackmaker & # 8211 Este programa tem a capacidade de abrir arquivos de forma de ponto, linha e área e fazer upload dos dados para um GPS. Embora o programa tenha algum suporte para sistemas de coordenadas de grade como Transverse Mercator, é mais fácil trabalhar com os dados se eles já estiverem no sistema de coordenadas geográficas WGS84 (lat./long.), O padrão para a maioria das unidades GPS. Quando você abre um shapefile, o GPS Trackmaker irá perguntar qual dos campos de dados do shapefile (atributos) você deseja usar para rotular o formato, este rótulo que será usado para identificar o recurso carregado no GPS.

Aqui está um exemplo de um arquivo de forma de linha, com quatro segmentos de linha independentes, desenhado em um GIS no topo de um fundo topo:

Este arquivo de forma foi salvo em coordenadas geográficas WGS84 e, em seguida, aberto no GPS TrackMaker. Com o GPS conectado e ligado, o menu Interface foi usado para selecionar o tipo de unidade GPS (Garmin neste caso). O botão & # 8220Send To GPS & # 8221 foi pressionado para permitir o upload para o GPS e & # 8220Send Tracklogs as Active Log & # 8221 foi desmarcado, para que os dados da linha fossem salvos no diretório de trilhas em vez de na trilha ativa:

Clicar no botão & # 8220Tracklogs & # 8221 carregou os quatro segmentos de linha para a unidade GPS Garmin como quatro trilhas separadas:

Abrindo um arquivo de forma de área com dois polígonos no GPS TrackMaker, e seguindo um procedimento semelhante, carrega duas trilhas separadas para o GPS, cada um representando o perímetro de um polígono de área no arquivo de forma original:

Um arquivo de forma de ponto é importado para o GPS de maneira semelhante, mas você & # 8217d clique no botão & # 8220Waypoints & # 8221 para carregá-lo em vez do botão & # 8220Tracklogs & # 8221.

DNRGarmin & # 8211 Este programa foi introduzido anteriormente para uso na exportação de dados GPS em formato shapefile com unidades GPS Garmin. Ele também pode ser usado para importar dados de shapefile para o Garmins, mas existem algumas peculiaridades que o tornam mais complicado e menos conveniente de usar do que o GPS TrackMaker:

1. DNRGarmin assume que o arquivo de forma que você & # 8217re abrindo estará no conjunto de projeção no menu Arquivo = & gt Definir projeção. Isso pode ser útil se você já tiver um arquivo de forma em um sistema de coordenadas alternativo (como UTM) e quiser que o DNRGarmin faça o trabalho de reprojetá-lo para coordenadas geográficas WGS84. Mas ele não irá verificar se as coordenadas estão na projeção para a qual ele definiu se você tiver a projeção definida para UTM, e o arquivo de forma que você está importando já está em coordenadas geográficas, DNRGarmin irá reprojetar as coordenadas geográficas como se fossem coordenadas UTM, e o conjunto de pontos resultante será lixo. Por esse motivo, acho que é melhor deixar a projeção DNRGarmin definida no padrão de WGS84, sem projeção, apenas altere se for absolutamente necessário e certifique-se de que o shapefile que você está importando é WGS84 lat / long.

2. Quando você carrega um arquivo de forma de linha ou área, as trilhas são carregadas na trilha ativa, não no diretório de trilhas, e não são atribuídos a nomes separados com base em um campo de dados ou atributo. Você terá que salvar manualmente a faixa ativa carregada no diretório de faixas e atribuir um nome a ela manualmente. E antes de fazer o upload, você deve limpar todos os pontos de trilha ativos atualmente na memória, para que os dados não sejam misturados e salvos com os dados carregados.

3. Às vezes, DNRGarmin manipula arquivos de forma de linha de maneira estranha, conectando linhas que estavam separadas no arquivo original. Aqui está um exemplo disso, usando o mesmo arquivo de forma de linha mostrado acima com o GPS TrackMaker:

Ele & # 8217s adicionou uma faixa adicional do canto inferior direito do & # 8220H & # 8221 ao topo do & # 8220I & # 8221 que não estava & # 8217 no arquivo original. Só para confundir as coisas, ele nem sempre faz isso, mas cuidado com isso.

Se você usar DNRGarmin, o processo é direto:

& # 8211 Carregue o shapefile no programa (cuidado com a projeção!)
& # 8211 Selecione o botão de opção & # 8220Waypoint & # 8221 se quiser que todos os vértices do arquivo de forma individuais sejam importados como waypoints, escolha & # 8220Track & # 8221 se quiser importá-los para o tracklog ativo. Você provavelmente desejaria selecionar & # 8220Track & # 8221 para arquivos de forma de linha ou área.

Em seguida, selecione & # 8220Upload & # 8221 no menu Waypoint ou Track, e os pontos / trilhas serão carregados para seu registro de trilha ativo do GPS & # 8217s, salve o registro de trilha ativo no diretório de trilhas e atribua um nome a ele para fins de identificação . Não é muito complicado, mas prefiro usar o GPS TrackMaker, embora tenha um GPS Garmin.

O GPS Utility também pode importar shapefiles e enviar os dados para uma unidade GPS, mas como mencionado em uma postagem anterior, existem limitações no software que podem torná-lo inadequado, a menos que você pague a taxa de registro.

Finalmente, se você possui uma unidade de mapeamento Garmin e é um glutão de punição, você sempre pode converter shapefiles em arquivos .img para carregar como mapas Garmin. De certa forma, esta é a melhor solução, mas também é a mais complicada & # 8211, talvez um tópico para outro dia.




Postagens relacionadas:

Procurando por outra coisa? Insira algumas palavras-chave abaixo e clique em "Pesquisar". & Nbsp & nbsp & nbsp & nbsp


Como importar o waypoint GPS, rastrear informações no ArcMap 10.2? - Sistemas de Informação Geográfica

mv2.jpg / v1 / fill / w_321, h_46, al_c, q_80, usm_0.66_1.00_0.01, blur_2 / 2019-06-15% 2520RAAM% 2520Team% 2520Start% 2520Jen% 252.jpg "/>

Cerca de um mês antes da corrida, teremos os arquivos finais de dados GPS correspondentes à rota publicada no Route Book, aos quais os competidores devem se conformar. Esses arquivos serão rotulados como RAW20XX (FINAL), quando forem postados aqui. ᅠ Como as unidades de GPS às vezes são complicadas de programar com informações de corrida, é altamente recomendável que cada equipe de suporte RAW se familiarize com o sistema GPS específico que usará durante a corrida no tempo. Desta forma, problemas ao enviar dados da corrida e exibi-los para que possam ser facilmente usados ​​são identificados com tempo suficiente para resolvê-los antes do início da corrida. acreditando em suas unidades de GPS, que não foram devidamente carregadas com os dados FINAIS da corrida.

O que se segue são links para vários arquivos de computador, que você pode baixar para uso em seus dispositivos GPS. ᅠ Versões preliminares disponíveis para revisão e prática com sistemas GPS são rotuladas como PRELIMINAR em vez de FINAL e não devem ser consideradas como correspondendo ao Livro de Rota quando publicado em cópia impressa.

Os arquivos estão no formato de texto ASCII com valores separados por vírgula (indicado pelo nome do arquivo .CSV), e podem ser abertos em qualquer editor de texto (notepad, etc.), processador de texto, ou como planilhas com Excel ou software compatível para edição e classificação . Muitos dos dispositivos GPS têm formatos de dados proprietários do fornecedor, que apenas suas unidades aceitarão, portanto, os arquivos fornecidos aqui terão, na maioria dos casos, que ser traduzidos antes de serem carregados em um receptor portátil / automotivo de processamento de GPS. ᅠ Programas para fazer isso normalmente são fornecido em um CD de instalação que acompanha os receptores GPS com capacidade de upload de dados. ᅠ ​​Para aqueles com algum conhecimento em informática, ou sem o CD de instalação do fornecedor, GPSBabel é um programa gratuito para download com tradutores de e para vários formatos de dados GPS.

Esses arquivos CSV têm três campos (colunas) em cada registro (linha no arquivo): ᅠ latitude em graus, longitude em graus (graus negativos indicam longitude oeste) e nome.

O arquivo RAW20XX-Time-Stations (FINAL) .CSV conterá a latitude / longitude das 55 estações de tempo. ᅠ Neste arquivo, o campo & ldquoname & rdquo contém o número TS e a cidade ou cidade.

O arquivo RAW20XX-Turns (FINAL) .CSV conterá a latitude / longitude de mais de 300 curvas de rota exigidas descritas no Livro de Rota. ᅠ Neste arquivo, o campo & ldquoname & rdquo contém o número de referência (ref) conforme listado no Livro.

Você deve verificar as operações do GPS em relação às direções conforme elas aparecerão no livro de rotas para ter certeza de que o seu dispositivo GPS está exibindo corretamente as informações.

Mais informações e ajuda sobre o arquivo GPS:


Seja extremamente relutante em permitir que dispositivos GPS ou software de mapeamento criem rotas para você ou, ainda mais perigosamente, recalcule a rota automaticamente quando problemas de tráfego ou construção de estradas forem detectados à frente. ᅠ O RAAM não permite que os pilotos deixem a rota prescrita no Livro de Rota por essas ou outras considerações sem uma mudança de rota aprovada pelo Diretor da Prova, transmitida da Sede da Prova.

Experiência com dispositivos e softwares populares no passado:

Existe um formato GPS comum usado pela Garmin, Microsoft e outros para importar e exportar waypoint GPS e informações de caminho / rota / trilha. Este formato para RAW é o arquivo RAW20XX Preliminary.GPX. RAW-2021-GPS_EXCHANGE (Preliminar 2021)

O aplicativo gratuito da Internet, Google Earth, está disponível para vários sistemas operacionais em vários idiomas. Ele aceita o arquivo KMZ encontrado na página & ldquoRoute & rdquo do site RAAM e exibirá todos os dados de rota do RAAM 2019 e permite salvar rotas (chamadas de & ldquopaths & rdquo neste aplicativo), estações de tempo e conversões em arquivos KML separados. O Google Earth aceitará arquivos KML que podem ser feitos a partir de dados CSV com GPSbabel. (Os arquivos KML podem ser convertidos para outros formatos específicos do dispositivo GPS com GPSbabel, outro aplicativo gratuito disponível para download em http://www.gpsbabel.org/)

Alguns dispositivos Magellan aceitarão dados CSV no programa Magellan POI Editor para conversão para o formato MGLN antes de fazer o upload.

O Microsoft Streets and Trips importará arquivos CSV e, desde a edição de 2011, também GPX.

DeLorme Street Atlas e Topo importará dados CSV como arquivos & ldquoRAW & rdquo assim que a extensão de nome de arquivo CSV for alterada para TXT. ᅠ Uma maneira mais fácil de obter a descrição completa da corrida para Street Atlas 2011 ou Topo8, ou muitas edições anteriores ou posteriores de ambos, é solicitar uma cópia do arquivo de transferência de mapa Delorme (DMT) do designer de rota.

A maioria dos aplicativos de GPS de dispositivos móveis requer conexão com a Internet para funcionar. Lembre-se de que, embora os provedores de serviço possam anunciar que fornecem acesso à Internet móvel para mais de 85% dos americanos, eles podem fazer isso cobrindo apenas cerca de 6% do país & ndash os próprios 6% que o RAAM tenta evitar devido aos perigos do tráfego . (Dados do Censo dos EUA de 2010).


Como importar o waypoint GPS, rastrear informações no ArcMap 10.2? - Sistemas de Informação Geográfica

Utilitário GPS versão 5.38 lançado em 5 de abril de 2021

Utilitário GPS versão 5.3j Beta lançado em 4 de novembro de 2019

NMEA Utility 1.21 lançado em 11 de julho de 2018
Um programa para analisar arquivos marítimos NMEA e AIS TXT.

GPSU Olex File Converter 1.16 lançado em 13 de outubro de 2018
Um programa para converter de / para arquivos Olex * .TXT.

GPSU Import File Converter 1.36 lançado em 26 de janeiro de 2015
Um programa para converter arquivos TXT, CSV e Tab para o formato de arquivo GPSU.

GPSU Batch File Converter 1.3 lançado em 21 de fevereiro de 2013
Um programa de driver GPSU para converter lotes de arquivos de um formato para outro.

Observação: Todos os programas foram atualizados para serem compatíveis com o MS Vista sistema operacional. -> Por que não tentar Utilitário GPS com Google Earth ou Visualizador de terreno (Renderização de cores 3D). Encontre o melhor ofertas de navegador GPS para carro em Ahappydeal.com.

O GPS Utility é um aplicativo fácil de usar que permite gerenciar, manipular e mapear suas informações de GPS. Para saber mais, consulte:

Para obter uma lista de receptores suportados, consulte Receptor GPS.

Existem versões que funcionam em Win3.1, Win95, Win98, Win NT, WinME, Win2000, WinXP, Vista, Windows 7, Windows 8, Windows 10.

Para ver algumas das coisas que você pode fazer com o Utilitário GPS, verifique a página Coisas a Fazer.

Leia os comentários de alguns usuários sobre o utilitário GPS.

Outras coisas que você pode querer saber sobre o Utilitário de GPS:

Para baixar a versão atual, vá para a página de download.

A página de registro explica como você pode atualizar a versão freeware para a versão shareware.

Se você tiver dúvidas ou comentários sobre o GPSU, tente o Grupo de usuários para o utilitário GPS ou o formulário de feedback.

Para aprender mais sobre outros tópicos de GPS, verifique a página Links.

O utilitário GPS está disponível apenas na versão em inglês.
Prêmios


Maps n Trax - Mapas off-line, trilhas GPS e waypoints 4+

O MAPS n TRAX é um visualizador de mapas off-line VERSÁTIL e ALTAMENTE PERSONALIZÁVEL, gravação de trilhas GPS e gravador de detalhes WAYPOINT.

* IMPORTAR E VER SEUS PRÓPRIOS MAPAS e trilhas de GPS em seu dispositivo e gravar trilhas e notas detalhadas de WAYPOINT. O MAPS n TRAX se destaca em atividades profissionais, acadêmicas e recreativas robustas & quotoff the grid & quot em terra, mar ou ar!

* GRANDE APOIO! O MAPS n TRAX é bem suportado com um Guia do Usuário on-line detalhado (http://rallyto.com/maps-n-trax/maps-n-trax-user-guide/) e suporte pessoal por e-mail responsivo.

Com o MAPS n TRAX você pode:
• Importe e visualize seus mapas favoritos (veja os formatos de arquivo suportados abaixo *).
• Visualize sua localização GPS atual no mapa importado.
• Grave trilhas de GPS.
• Grave detalhes do waypoint, incluindo fotografias e notas de campo.
• Visualize mapas e trilhas sobrepostos em mapas de fundo online familiares.
• Importe trilhas de GPS de outras fontes ou exporte seus registros de trilha.
• Armazene, organize e acesse facilmente vários mapas e arquivos de rastreamento.

Use o MAPS n TRAX para visualizar arquivos de mapas especializados, mapas topográficos ou arquivos de imagens de mapas digitais e trilhas de GPS em seu dispositivo iOS. Você pode até importar mapas de papel digitalizados ou fotos de mapas!

Mesmo quando muito além do alcance de dados de celular ou redes WIFI, com o MAPS n TRAX você pode visualizar seus próprios mapas baixados e usar os recursos de navegação GPS de seu dispositivo iOS.

O MAPS n TRAX tem inúmeras aplicações profissionais. Nossos clientes usam o aplicativo para apoiar operações de combate a incêndios florestais, pesquisa e resgate de pesquisa de campo ambiental e biológico de petróleo e mineração, geo-truthing de imóveis e pesquisa acadêmica. A funcionalidade fora da rede e os recursos de gravação de waypoint fornecem um poderoso conjunto de ferramentas móveis.

O MAPS n TRAX também é ideal para uma ampla variedade de atividades recreativas ao ar livre, incluindo: caminhada pela mata, caminhada, trekking, observação de pássaros, caça ao tesouro, prospecção, camping, ciclismo, caça, pesca, snowmobile, trenó puxado por cães, 4 rodas motrizes off-road , geocaching, orientação, randonneuring, mountain bike, esqui (downhill, sertão, nórdico) e squatching, entre outros.

Muitos mapas disponíveis publicamente podem ser importados para o MAPS n TRAX. Além disso, o aplicativo é adequado para aplicativos que requerem mapas especializados com detalhes que são personalizados ou não estão amplamente disponíveis, como mapas topográficos altamente detalhados obtidos de sua autoridade de mapeamento governamental ou mapas especializados produzidos com ferramentas GIS.

Detalhes:
• Converte e exibe uma ampla variedade de tipos de mapas e arquivos de imagem, incluindo * PNG, JPEG, TIFF, GIFF, ESRI Shapefiles, ESRI File Geodatabase e Open Street Map (PBF & amp XML) e formatos de imagem georreferenciados como GeoTIFF. (Observação: arquivos .ozf2 e amp .ozfx3 NÃO são suportados). Consulte o Guia do usuário para obter mais informações sobre como trabalhar com esses arquivos.
• Importa e exporta trilhas nos formatos GPX e KML.
• Compatível com tipos de arquivo de mapa raster e vetorial e projeções usadas em ferramentas de software de Sistemas de Informação Geográfica (GIS) comerciais e de código aberto, incluindo ARCGIS e OpenStreetMaps.
• Alinhe automaticamente os arquivos de imagem georreferenciados ou calibre manualmente os não georreferenciados.
• Pode exibir mapas grandes e pode juntar vários mapas grandes consecutivos em um único mapa enorme. O tamanho do mapa é limitado apenas pela capacidade de armazenamento do iPhone ou iPad e # 39s.
• Mapas importados de escalas diferentes podem ser visualizados simultaneamente, adjacentes ou sobrepostos.
• Múltiplas trilhas podem ser exibidas em mapas simultaneamente e trilhas com waypoints nomeados podem ser pesquisados ​​como um diretório ou dicionário geográfico.

Recomendamos que você consulte nosso site www.rocketsplashgames.com/mapsntrax/support/ e o Guia do usuário on-line para ter certeza de que o MAPS n TRAX atende às suas necessidades. A seção do Guia do usuário em Preparação de mapas descreve o processo de preparação de um arquivo de imagem simples para uso como imagem de mapa calibrada para localização e otimizada para dispositivos móveis.

O uso contínuo do GPS em segundo plano pode reduzir drasticamente a vida útil da bateria do iPhone ou iPad.


TreeTopics

Por Amy Grotta, OSU Forestry & amp Natural Resources Extension & # 8211 Columbia, Washington e condados de Yamhill

Este deve ser o fim da estrada & # 8230

Uma das primeiras tarefas na Matteson Demonstration Forest é conhecer a configuração do terreno. 180 hectares é muito para conhecer! Como é o caso de qualquer novo proprietário de floresta, precisamos de um mapa para nos ajudar a nos orientar enquanto estivermos na propriedade e para manter o controle de onde levam as diferentes estradas e trilhas.

Eventualmente, a equipe do OSU College Forests criará um mapa GIS da Floresta Matteson com várias camadas espaciais - limites de propriedade, estradas, tipos de floresta, bueiros e assim por diante. Nesse ínterim, tenho usado o Google Earth para criar meu próprio mapa, adicionando informações à medida que continuo a explorar o trato. Enquanto estou na floresta, tenho usado um aplicativo GPS no meu smartphone para manter o controle de onde estou e para registrar pontos e caminhos. Neste artigo, descreverei como tenho usado esses dois aplicativos, que acho que seriam úteis para a maioria dos proprietários de florestas que não têm GIS na ponta dos dedos.

Alguns proprietários de florestas já estão familiarizados com o Google Earth. Para aqueles que não são, Tristan Huff (OSU Extension Forester na costa sul) desenvolveu um tutorial útil para proprietários de terras. Eu recomendo a versão Pro do Google Earth, que agora está disponível gratuitamente (uma mudança recente). Além de todos os recursos padrão do Google Earth, a versão Pro mostra os limites do lote de impostos e permite calcular a área de um polígono que você desenhou. Isso me permitiu traçar os limites da propriedade Matteson em meu mapa com razoável precisão, traçando as linhas do taxlot.

O polígono amarelo se aproxima do limite da propriedade. Google Earth Pro

Em uma recente visita à Floresta Matteson, meu objetivo era mapear as estradas e trilhas na metade sul da propriedade. As estradas principais se destacam na foto aérea, mas caminhando pelo trato, encontramos várias estradas secundárias, trilhas e um pequeno lago que são obscurecidos pela cobertura ao olhar para a imagem aérea.

Madeira madura na seção sudoeste obscurece estradas e trilhas nesta vista aérea. O GPS do meu iPhone provou ser pelo menos tão preciso quanto este receptor GPS portátil.

Um receptor GPS pode ser usado para mapeá-los. Os receptores GPS variam amplamente em sua precisão, especialmente sob a copa das árvores, os sistemas mais precisos são bastante caros. Mesmo um receptor GPS de consumo, que pode ter uma precisão de cerca de 50 pés sob a copa das árvores, pode custar várias centenas de dólares. Mas, se você é um dos dois terços dos adultos americanos que têm um smartphone, já tem um receptor GPS integrado. Por que não usá-lo?

Fazendo algumas pesquisas, descobri o Motion X-GPS, um aplicativo para iPhone disponível pelo preço de banana de 99 centavos. O Motion X-GPS usa o receptor GPS do seu telefone para rastrear sua localização. Isso funciona em locais onde você não recebe sinal do telefone. Você pode gravar trilhas e pontos conforme você se move. Você pode até tirar fotos e associá-las a um lugar ou trilha.

O Motion X-GPS tem bons tutoriais em seu site, então não irei entrar em muitos detalhes aqui sobre como fazer o aplicativo em campo. Abaixo estão duas capturas de tela do meu telefone, mostrando um waypoint e uma trilha que gravei.

Depois de terminar o dia, a próxima etapa foi transferir esses recursos do meu telefone para o Google Earth. No Motion X-GPS você pode compartilhar localizações, trilhas e waypoints para um endereço de e-mail. Eu simplesmente enviei as faixas para mim mesmo.

Abrir o anexo .kmz abre automaticamente o recurso no Google Earth. De lá, eu poderia salvá-lo no meu mapa da propriedade. Aqui está meu mapa do Google Earth agora, com todos os recursos que mapeei no campo importados e salvos.

Em resumo, dou dois polegares para cima para o Google Earth Pro e o Motion X-GPS. Tenho usado o último para andar de bicicleta e correr também. Para conservar a carga da bateria do meu telefone enquanto estou em campo, desliguei o receptor de celular (há pouco ou nenhum sinal de celular na Floresta de Matteson de qualquer maneira). Usar o aplicativo GPS por 90 minutos consumiu cerca de 40% da minha bateria. Infelizmente, o Motion X-GPS não está disponível para dispositivos Android, mas existem outros aplicativos de rastreamento GPS que funcionam de forma semelhante e são compatíveis com o Android.


Ferramentas Geográficas Gratuitas

Explorando o mundo de ferramentas gratuitas para GIS, GPS, Google Earth, neogeografia e muito mais.

Uma revisão do GPS Garmin 62s, parte III e pontos de referência e trilhas do ndash, além de conclusões

Esta é a parte 3 da minha análise do GPS Garmin 62s, a parte 1 está aqui e a parte 2 aqui. Hoje vou olhar para a pior funcionalidade do Garmin 62s - a maneira como ele lida com pontos de passagem e trilhas. E vou resumir minhas reflexões e conclusões finais, tanto sobre os anos 62, quanto sobre unidades de GPS proprietárias em geral.

Waypoints

A capacidade de marcar e salvar um local, ou usar um local salvo para navegação, é uma função essencial para qualquer unidade GPS portátil. Meu antigo Garmin 60Cx faz um ótimo trabalho nisso, e usá-lo como um modelo deveria ter tornado o 62s comparável, senão melhor. Mas a Garmin fez algumas escolhas bizarras com o 62s que tornam sua funcionalidade de waypoint marcadamente inferior ao 60Cx.

Vamos começar com a função mais básica: marcar um ponto. Tanto para o 60Cx quanto para o 62s, você pode fazer isso pressionando o botão "Marcar" em qualquer tela. Esta é uma grande melhoria em relação à série Oregon, que muitas vezes exigia que você saísse da tela atual e fosse para uma nova para marcar sua localização. Aqui estão as telas de criação de waypoint para ambos os modelos:


Garmin 60Cx

Garmin 62s

Praticamente o mesmo, exceto que o 60Cx tem um botão que permite calcular a média da medição da posição para melhorar a precisão, enquanto o 62s não. Por que não? Há muito espaço e, na verdade, há uma função de cálculo da média do waypoint no 62s. Se você verificar o manual 62s, não há menção a esta opção em qualquer lugar da página que descreve a criação de um waypoint. Mas se você apertar o botão “Menu” nos anos 62 ..

Bang - há a opção Média, junto com muitas outras opções, nenhuma das quais é mencionada em qualquer parte do manual. Como exatamente um usuário normal deve descobrir isso? E por que a opção de cálculo da média está acessível apenas nesta tela, em vez de ser um botão separado? A funcionalidade básica foi removida sem um bom motivo que eu possa ver.

Você pode notar que o ícone do waypoint na tela dos 62s tem uma forma estranha, fora do padrão. O 62s, como o 60Cx anterior, suporta ícones de waypoints personalizados, até 56 no 62s contra 20 no 60Cx, esta é uma função realmente útil para mapeamento. Quer usar esta função? Boa sorte …

  • Não é discutido em nenhum lugar do manual que descobri no site wiki do Oregon
  • As convenções de nomenclatura para arquivos gráficos de waypoints personalizados são diferentes para os 62s e para os 60Cx
  • O 62s requer arquivos BMP em cores de 24 bits e não aceita os arquivos BMP em cores de 8 bits exigidos pelo 60Cx. Portanto, se você tiver os dois modelos, terá que manter arquivos gráficos diferentes para cada unidade. Estranhamente, no entanto, os arquivos POI personalizados da Garmin com gráficos de 8 bits funcionarão bem nos anos 62, por isso suportarão gráficos de 8 bits que a Garmin simplesmente decidiu não fazer, presumivelmente para tornar a vida de todos mais difícil.

Há outra maneira de criar waypoints em um 60Cx - use a tecla do cursor para mover um cursor para um local diferente no mapa e pressione o botão Enter para obter uma tela com opções para Salvar aquele local como um waypoint, mostrá-lo em o mapa ou gere automaticamente um waypoint de referência de navegação e “vá” até ele. Tente algo semelhante nos anos 62, e apenas a opção “Go” aparecerá:


Garmin 60Cx

Garmin 62s

Huh? Então, não posso criar waypoints no mapa selecionando um local no mapa na década de 62? Bem, na verdade você pode, embora não esteja documentado no manual, pressionar o botão "Menu" na unidade traz essa opção:

Exceto que se você apertar este botão, ao contrário do 60Cx, você não terá a opção de definir o nome e ícone do waypoint, ou outros parâmetros em vez disso, ele criará um waypoint automaticamente com um número de ID e o ícone do waypoint definido para o último ícone usado. Se você quiser alterar o nome, você terá que ir ao gerenciador de waypoint, selecionar aquele waypoint e alterar seus parâmetros manualmente. E no 60Cx, se você mover o cursor, as coordenadas geográficas no ponto do cursor aparecem, junto com o rumo e a distância nos 62s, você não obtém coordenadas, apenas rumo e distância, embora haja & # 8217s espaço mais do que suficiente para exibi-los.

Então, para o gerenciamento de waypoints. No 60Cx, você pressiona o botão “Find” e, a seguir, seleciona “Waypoints” para obter uma lista de waypoints na unidade. Você também pode fazer a mesma coisa nos anos 62:


Garmin 60Cx

Garmin 62s

Agora selecione um waypoint dessa lista:


Garmin 60Cx

Garmin 62s

No 60Cx, você obtém uma tela de edição / informação do waypoint padrão, pressionando “Mapa” para mostrar o waypoint no mapa. Na década de 62, porém, você obtém o waypoint mapeado, e apenas a opção “Go” para aquele ponto. WTF? Se você tentar pressionar o botão “Menu”, para obter mais opções, você obterá algumas:

Mas eles são bastante inúteis. “Review Point” abre uma tela de informações, e isso é tudo (local escurecido propositalmente):

Acontece que se você quiser editar um waypoint existente nos anos 62, ou deletar aquele único waypoint, você tem que ir para uma tela totalmente diferente, o Waypoint Manager, que é acessado através do menu principal. Por que você não pode acessá-lo através da opção Find = & gt Waypoints, da mesma forma que você pode com o 60Cx, eu não tenho ideia - não faz sentido.


Garmin 60Cx

Garmin 62s

Na lista de waypoints 60Cx, se você pressionar o botão Menu, você pode filtrar waypoints por distância, nome, a unidade de referência do mapa atual ou o símbolo do ícone, o último dos quais é realmente conveniente. E na opção “Excluir”, você pode escolher excluir todos os símbolos, ou apenas aqueles com um símbolo de ícone específico, útil para excluir waypoints temporários que você não precisa mais. Na década de 62, por alguma razão bizarra, a Garmin decidiu deixar a maior parte dessa funcionalidade de fora. O padrão são os pontos de passagem mais próximos, com a Pesquisa por ortografia necessária para a pesquisa por nome. E a única opção para deletar waypoints é deletar todos eles sem filtrar pelo ícone de waypoint. Esta é uma dor enorme.

Então, o Gerenciador de Waypoint do 62s é melhor do que Find = & gt Waypoints para lidar com waypoints? Não. A primeira tela parece idêntica:

Select a waypoint, and you’ll finally get the option to edit a waypoint:

But where’s the option to Delete it, which shows up clearly in the 60Cx waypoint info screen? Once again, you have to press the Menu button to bring up that option.

This is actually mentioned in the manual (!), but all the other options listed above aren’t. And you can’t delete all waypoints with a common icon you either have to delete all of them, or delete them one at a time on the unit. Impressionante.

One final idiocy. If you select “Go” to navigate to a waypoint, there’s no “Stop Navigation” option available from the menu on the map page, as there is on the 60Cx. You have to press the “Find” button to stop navigation. But if you do that, go back to the map page, and press the menu button, you will see a “Resume Navigation” option. Help me out, Garmin – why can’t you “Stop Navigation” from the map page, but you can “Resume Navigation” from the map page?

Tracks

I was going to go through a similar look at the idiotic way that Garmin has implemented track management on the 62s, but after writing about the idiocies with waypoint management, I don’t really have the heart. But here are some bullet points:

  • There are actually some real improvements with track data storage on the 62s compared to the older 60Cx. The 60Cx had a maximum track point capacity for all tracks of 10,000 points, and a maximum of 20 stored tracks, each with no more than 500 points. The 62s allows up to 200 named stored tracks, each with up to 10,000 points. And it will actively archive the active track, so that you can have every point permanently recorded, up to the free memory available.
  • Unlike the 60Cx, tracks saved on the 62s include the date/timestamp for every point and the altitude.
  • However, turning track recording on and off is a pain on the 62s. On the 60Cx, there was a simple page that let you turn tracking on, save the active track to memory, then turn tracking off and clear the active track. This made recording linear or areal features easy. On the 62s, you can turn tracking on in the Track Manager, but you have to dive back into the Setup menu to turn it back off. And you can clear the current track out, but that’s at the bottom of the options list, and easy to miss.
  • Options for changing track color/name, reversing it, showing/hiding it on the map, displaying track length/area used to be centralized on a single screen on the 60Cx now on the 62s you have to go to multiple screensfor the same options.
  • Sometimes a saved track simply refuses to show up on the regular map display, even if you’ve specified that it show up on the map.

Conclusions and Final Thoughts

I guess I’ll start with a Pros/Cons list for the Garmin 62s.

  • Solid hardware
  • Excellent screen visibility in all conditions
  • Improved interface
  • Improved map styling for better visibility
  • Support for raster imagery (super-awesome)
  • Terrific digital compass
  • Expensive
  • Appallingly bad documentation
  • WAAS performance slightly improved from Oregon 450t, but still pretty bad
  • Limitations on size of Custom Maps raster imagery
  • Incredibly lame waypoint and track management

If the Garmin 62s had come out three years ago as the first model with the new Garmin OS, I probably would have recommended it the hardware is solid, and given my many positive experiences with past Garmin units, I would have anticipated that most of the negatives would quickly be fixed. But Garmin’s been releasing models with this new OS for over three years now, and the fact that these issues still exist gives one pause. If someone told me that I could only take one GPS unit out in the field with me, and I had to choose between my old trusty Garmin 60Cx and my newer 62s, the choice would be very easy. If I absolutely had to have aerial imagery in the field, the 62s would be my choice by default, since the 60Cx doesn’t really do aerial imagery well. But in every other situation, I’d take the 60Cx, hands down. If I’m recording position location, or navigating in the field, I don’t feel like wrestling with my GPS unit’s idiosyncrasies, and that’s what I’d be doing with the 62s.

Looks like there’s a lot of people that apparently feel the same way at Amazon.com, the Garmin 60CSx (same as the 60Cx but with a compass and altimeter) is the top-selling handheld GPS with a color display, five years after it was first introduced. And there are two other older Garmin GPS units (the eTrex Venture HC and eTrex Vista HCx), and the Magellan Explorist GC, on the bestseller list before you get to the top-selling new Garmin model – the Garmin 62s. When five-year-old technology outsells a newer model from the same company, you know it has issues. I think an open OS like Android is the future for portable navigation systems of all kinds, and that proprietary GPS OSes are going to have a tough time competing. If a manufacturer is going to stick with its own proprietary OS on expensive GPS units, it’s going to have to supply a lot of added value with that unit. Frankly, I just don’t see that with the newer Garmin models, including this one. There’s finally been a ruggedized Android phone announced, the Casio Commando, and I expect more models will be along soon if Garmin doesn’t get its act together quickly, it’s not going to be a major force in this market in a few years.

Postagens relacionadas:

Procurando por outra coisa? Insira algumas palavras-chave abaixo e clique em "Pesquisar". & Nbsp & nbsp & nbsp & nbsp


Your Work Is Your Reputation.

Trimble GIS data collection hardware and software solutions bring field operations and office applications together seamlessly in one streamlined workflow.

Make Your Mark with Trimble.

Whether you’re managing assets, responding to outages or natural disasters, or conducting routine maintenance, Trimble GIS solutions ensure you have current and accurate data for your GIS or asset management system. With the most up-to-date field data, you can be sure you’re making the right decisions when managing your assets and resources.

With leading-edge technology and streamlined workflows, Trimble solutions enhance your productivity by taking all the hassle out of GIS data collection. Trimble is renowned for integrating advanced GNSS technology with rugged field hardware designed to work in all conditions and environments. And it doesn’t stop there: Trimble’s software solutions allow you to work directly with your existing GIS data and schemas, providing efficient workflows for productive data collection in the field.

By offering integrated solutions with leading-edge innovation, Trimble ensures premier productivity and return on investment. For all your GIS data collection, maintenance and asset management needs, you can rely on Trimble for unparalleled accuracy and reliability.

For all your GIS data collection, maintenance and asset management, you can rely on Trimble GIS handhelds for unparalleled accuracy and reliability.

Trimble GIS handhelds and tablets integrate GNSS with hardware that is designed and tested for the demanding field conditions you work in. As well as leading-edge screen technology designed for crisp and clear outdoor viewing, Trimble rugged solutions are built to cope with water, dirt, extreme temperatures, and all the real-world challenges you encounter every day.

Trimble GNSS receivers are a flexible positioning solution for productive and accurate GIS data collection. With the freedom to choose from a range of configurations, Trimble GNSS receivers provide timely and accurate data for decision-making and integrate seamlessly with industry-standard GIS systems and professional GIS data collection workflows.

Trimble field software solutions allow seamless data flow between the field and your GIS or asset management system. With the most up-to-date field data, you can be sure you’re making the right decisions when managing your assets and resources. What’s more, Trimble field software is optimized for fast and efficient data collection, taking all the complexity out of your fieldwork, and ensuring you get accurate and up-to-date data for your GIS.

Trimble software solutions facilitate a continuous data flow between the field and your GIS or asset management system. Trimble Positions™ Desktop offers a seamless integration into the Esri® environment for Esri users who utilize Trimble TerraSync™ as their field software solution, providing streamlined data collection straight into their GIS. Trimble GPS Pathfinder® Office software is a powerful and easy-to-use software package of GNSS field data post-processing tools, designed to develop GIS information that is consistent, reliable, and accurate.

Bring your geospatial data to life with the Trimble SiteVision outdoor augmented reality system. Trimble SiteVision unlocks and simplifies the use of geospatial information by allowing you to see your data in the real world – from property lines to underground services to conceptual designs. It is an ideal tool for public and contractor engagement in planning processes as well as throughout the project lifecycle.

The Trimble MX7 Mobile Mapping Imaging system is a fast and cost effective way to document site conditions with geo-referenced images and manage assets such as bridges, buildings, roads, highways, and power stations.


Downloads de software

Installers: Installers for ArcGIS Desktop can be found on the ESRI Customer Care Portal under My Organizations > Downloads. You will need to log in using your ESRI account.

Instructions for installing ArcGIS Desktop and activating your single-use license:

  1. Download the installation file named ArcGIS_Desktop_xx.exe from the ESRI Customer Care Portal under My Organizations > Downloads. This file is large (around 800MB) so it may take some time for the download to complete.
  2. Once the download is complete, double click on the install file (named something like ArcGIS_Desktop_xx.exe) and extract it. You’ll then be prompted to choose a folder on your PC into which the installation package will be saved.
  3. Launch the file named setup.exe from the newly created ArcGIS 10.x > Desktop folderif the installer program did not launch automatically. Follow the instructions in the install wizard.
  4. When the install is completed the registration manager should launch automatically. If it does not you can manually launch it by clicking Start Menu > Programs > ArcGIS > ArcGIS Administrator. Upon entering the registration process the wizard will instruct you to select a product, choose ArcGIS for Desktop Basic (ArcView) Single Use, e clique Authorize Now.
  5. The Software Authorization Wizard guides you through the rest of the authorization process.
  6. Verificar I have installed my software and need to authorize it for the authorization option and click Próximo.
  7. Check Authorize with Esri using the Internet for the authorization method and click Próximo.
  8. Complete the required fields for the authorization information, clicking Próximo on both pages.
  9. Enter the software authorization number you have been provided by email and clickPróximo. (the single-use registration code should begin with the letters ESU
  10. Verificar I do not wish to authorize any extensions.

You are now authorized for use.

Descrição: The LMSS EZ-Plot toolbar is a simple, but powerful plot allocator/cruise plot generator for ArcGIS Desktop. Select the polygons where you need plots and then enter your desired grid parameters. It really is that easy! Grid points can be output to a shapefile or feature class and then converted to SoloForest waypoint format. Click here for a full description and functionality list.

Compatibilidade: Works with all builds of ArcGIS Desktop from 9.0 – 10.8 and Windows 7, 8, and 10. Not yet compatible with ArcGIS Pro.

Install, registration, and license transfer instructions: LMSS EZ Plot Install Procedures

LMSS EZ Plot Installers: Click the appropriate installer link below.

EZ-Plot updates: If you already have EZ Plot installed and just need the latest updates (free for any paid or educational license):

  1. Save this file to your PC: LandmarkSS.dll
  2. With ArcGIS closed, copy/paste the file to the C: > Program Files (x86) > LMSS_ArcGIS_Tools folder on your PC. (This may require administrator privileges.)

EZ-Plot Tutorials/User Guide: LMSS_EZ Plot Manual.pdf

Descrição: SilvAssist is a toolbar developed by F4 Tech for ArcGIS Desktop to streamline the forest inventory process. Tools include:

  • Plot allocator – for creating cruise grids
  • Spatial Overlay – push stand attributes to Plots layer.
  • Waypoint Converter – converts cruise grids to SOLO Forest waypoint format.
  • Plot Loader – loads plot and tree data from TCruise database into your SilvAssist spatial geodatabase.
  • Reporting and Analytics – Complete set of inventory reports, stand and stock tables, and statistics.
  • GnY Utility – prepares/converts inventory data into the tabular format required for import into the Forest Vegetation Simulator (FVS) growth and yield application from the US Forest Service.
  • Event Management – streamlines the process of entering and maintaining events such as harvests, silvicultural treatments, and inventory.

Compatibilidade: SilvAssist 3.0 has been tested with Windows 7, 8, and 10 and should work with ArcGIS Desktop versions 10.0 -10.2.2 and also with versions 10.6 - 10.7.1. Please be aware that F4 Tech has ended support and development work (including bug fixes) on all versions of SilvAssist for ArcGIS Desktop. If you have purchased a SilvAssist 3.0 license or upgrade, you may continue to use it but be aware that future Windows or ArcGIS updates could break it. LMSS has worked to duplicate most of the reporting functionality of SilvAssist within TCruise Desktop by way of the Excel and Access reporting modules. Plot allocation functionality has also been replicated in our EZ Plot toolbar for ArcGIS. Contact us for more info.

Both TCruise Desktop and the LandMark Export Module will need to be installed to be able to use the SilvAssist Plot Loader and Reporting and Analytics tools.

Installers: Contact us at [email protected] for information and links for SilvAssist installers.

Sample Forestry geodatabases for use with SilvAssist: If you are new to geodatabases, you can download one of the samples below that matches your location (UTM zone). Layers inside include Plots, Tract, Stands, and Roads. Save the geodatabase to your PC in the location where you store your GIS Data.

Tutorials/manuals:

Descrição: SOLO Forest from Trimble Forestry is the mobile GIS mapping software designed specifically for forestry applications. Easily collect point, line, and polygon features, load shapefile or aerial base maps, generate cruise grids in the field, and more! GPS data from SOLO can be exported directly from the handheld device in shapefile format and imported into most desktop GIS applications. SOLO can also be integrated with TCruise for a very powerful forest inventory data collection solution. More info on SOLO can be found here.

Compatibilidade: SOLO Forest is compatible with handheld devices running Windows Mobile 5.0 – 6.5 or PocketPC 2003. (See the installer section below for recommended installers for various handheld models.) There is also a version for Windows tablets running Windows 7, 8, or 10.

Install and Update Procedures:

  1. To install SOLO Forest, download the appropriate SOLO Forest CAB file installer to your PC using the links in the next section below.
  2. Copy the .CAB file from your PC over to the Program Files folder on your handheld device.
  3. Open File Explorer on the handheld device and navigate to the Program Files folder.
  4. Double tap on the CAB file to install the program. Follow the onscreen instructions. If you already have an earlier version of SOLO Forest installed, the new installer will automatically uninstall the previous version.
  5. If you have just updated SOLO Forest and you also have RTI installed, be sure that RTI is still available under the Tools > More menu option. If not, you will need to re-install RTI using the link named RTI for SoloForest in the RTI (Real-Time Inventory) Installers section of this webpage.

SOLO Forest Installers: See install instructions above.

    – Latest version for all Windows Mobile 6.0, 6.1, and 6.5 devices with VGA (480 x 640) or better displays including:
    • Trimble Nomad, Juno, Geo, Ranger 3
    • F4 Devices Forge and Flint, (NOT BAP S Series)
    • Handhelds Nautiz X8
    • Juniper Systems Archer 2

    Registration procedures:

    1. If you are updating SOLO Forest on your handheld device and previously had version 4.0 or newer installed, you will not have to re-registration the software.
    2. If you are performing a new install, please open the program when the install is complete and choose Register. Use the Handheld Software Registration Request Form link below to supply the SOLO Software and Hardware S/N’s.

    License transfer instructions:

    Trimble does allow users to transfer SOLO Forest licenses. Each SOLO license purchased allows the owner to use and register the software on one device. Users will need to uninstall SOLO Forest from their old device before the program can be registered on the new device. Please contact LandMark Support at 866-395-5440 x2 so we can assist you and submit the request for license transfer.

    SOLO Forest Feature Files – sample feature files (feature lists) for GPS data collection:

    SOLO Forest Custom Zone files – allows SOLO to work with custom coordinate systems such as Albers and Mississippi Transverse Mercator (MSTM).

    More manuals and instructional materials in the Manuals section.

    Descrição: SOLO Office FE (Forestry Edition) is an optional desktop companion for SOLO Forest. This program is primarily designed for project managers who need to create complex projects to deploy to field users with SOLO Forest

    Key Features include:

    • Creating custom Feature Files to use as field data collection templates
    • Creating custom Zone files for custom coordinate systems
    • Preparing basemaps and raster images for field use.
    • Crop raster images and convert to compressed Solo Image File (.SIF) format.
    • Creating Waypoint files for navigation
    • Creating Solo package files for deploying complex projects in a single extracting file
    • Transferring files between your data collector and your desktop PC
    • Viewing and editing collected data, base maps, and raster images
    • Printing your projects
    • Exporting data in several GIS and CAD formats

    SOLO Office must be purchased separately and requires a separate registration.

    Compatibilidade – SOLO Office FE is compatible with Windows XP, Vista, Windows 7, 8, and 10.

    Installer: SOLO Office FE 4.2.0.9 Install.msi – Download the install file to your PC and double click to install.

    Registration procedures:

    1. If you are updating SOLO Office FE on your PC and previously had version 4.0 or newer installed, you will not have to re-registration the software.
    2. If you are performing a new install, please open the program when the install is complete and choose Register. Use the Desktop Software Registration Request Form link below to supply the SOLO Software and Hardware S/N’s.

    Descrição: Trimble SOLO 360™ is a toolbar extension for ArcGIS Desktop that allows users to check data out of ArcMap for field inspections, maintenance, or new data collection using rules and schemas which comply with existing feature definitions. Field data can then be validated upon check-in. There is also a tool to create a geodatabase based on data collection rules and parameters defined in your SOLO Forest feature file and the ability to clip raster base map images and convert them to compressed SIF format.

    Compatibilidade: Compatible with ArcGIS Desktop 10.0-10.4

    Install and Registration instructions: See document – Solo_360_Software_Installation

    Descrição: TCruise Desktop Pro is a full-featured forest inventory software solution developed by Worldwide Heuristic Solutions. The program can utilize the most common inventory sampling methods and report in a variety of volume units. TCruise comes with over 400 internal volume functions and can also accommodate user-defined volume tables and equations. There are various reporting modules the program can feed via database export. TCruise can also be customized by the developer to meet individual customer needs for special reporting, exports, or processing.

    Users may update older versions of TCruise Desktop to the latest version at no charge. New registrations and fees will only be required for those who choose to implement the optional modules described below. It is recommended that the mobile (field) version of TCruise be updated at the same time as the Desktop version to prevent compatibility issues. Updating TCruise for Mobile Devices is also free for existing users and will not require re-registration.

    TCruise Pro Optional Modules - $300/module/user.

    1. Pro toolbar with the following functions:
      • Sample size estimator - designed for stratified, multi stand cruises to help users determine samples needed to meet defined allowable error requirements based cruise method, stand size, and standard deviation estimates for each stand/strata.
      • Plot allocator - creates cruise grid based on several allocation types for single stands. Batch allocation is also possible when parameters are defined in the stand/strata shapefile. Sample size for each stand can also be estimated based on CV, cruise method, and stand/strata area.
      • Overlay tool - this tool can apply stand/strata ID's by loading in a projected polygon shapefile that overlays the plots. The polygon shapefile must contain a StandID or StrataID field (text) along with an Acres field. Cruise plots must have a Lat-Long coordinate assigned which is automatically applied when using RTI or the GPS capture button in TCruise for Mobile Devices. This tool can also automate the entry of Stand/Stratum land area in TCruise Desktop Pro.
    2. Excel-based reporting - 20+ Excel worksheets with a variety of standard report types and tables for analysis or for joining to GIS layers. To implement the new reports, users will need to make a few minor updates to their existing templates and TCD files. Detailed instructions for these updates are here.
    3. Growth & Yield utility - COMING SOON. This utility will use models from Mississippi State (MSU), PTAEDA (VA Tech), and USFS and will automate the loading of stand table data, applying parameters, and database output.

    Compatibilidade: Compatible with all Windows operating systems from Windows 7 to Windows 10. All modules that utilize Microsoft Excel require the 32-bit version of MS Excel 2007 or newer to be pre-installed on the PC.

    • TCruise Desktop Pro Right-click on this link and choose Save Link as… or Save Target As… to download the file to your PC. Be mindful of the location to which you save the install file named TCruiseSetup.exe. Choose on Allow Download if any security/firewall apps attempt to stop the installer from being downloaded. You may need admin privileges to install this application. After the download is complete follow the InstallUpdate instructions below. This installer can be used for new installs or program updates. There is no need to uninstall your current version and registration will only be required for new installs or for enabling the optional modules. See the TCruise for Mobile Devices category for installers and info on the field version of TCruise.

    Install/Update Instructions for TCruise Desktop Pro:

    1. Double click on the file named TCruiseSetup.exe.
    2. The install wizard should guide you thru the install process.
      • The first prompt will be to accept the terms and conditions.
      • Choose Next, I accept the license agreement, Next, Next, and then Finish to complete the install.
      • You may get a Windows message afterward stating that the program may not have installed correctly. Choose “The program did install correctly”.
    3. Create a Desktop shortcut for TCruise.
      • For Windows 7 users: Left click on the Windows Start Menu and select All Programs > Heuristic Solutions Applications. Right Click on Timber Cruise (TCruise) and select Send To – Desktop (create shortcut).
      • For Windows 8 and 10 users: open Windows Explorer and navigate to the C: > Program Files > Heuristic Solutions Applications > Timber Cruise folder and right-click on the file named TCruise.exe and choose to Send To – Desktop (create shortcut).

    Registration Instructions For New Installs:

    1. Launch TCruise Desktop by double-clicking on the desktop shortcut.
    2. Accept the license agreement.
    3. Choose Register and look for the TCruise Product ID on the TCruise registration window. This code is unique to each PC and will be needed to register the program.
    4. Use the Desktop Software Request Form to provide the TCruise Product ID and to submit your code request to LandMark Spatial Solutions.

    Registration Instructions For Optional Modules:

    1. In TCruise Desktop, click Help menu > About TCruise and copy the TCruise Product ID shown.
    2. Email [email protected] with the TCruise Product ID and the module(s) you wish to activate. We will also need your contact and billing info. You may also use the Desktop Software Registration Request Form to request registration codes. Note that costs are $300 per module per user.

    User Guides: See the manuals section of our website.

    Sample TCruise Templates: The templates below should be good starting points for creating your own custom template. Note that you will probably need to edit the cruise method, species, products, and merch specs to make them useful for your local area. Save the desired files to your My Documents > TCruisePC folder on your PC. Call for assistance or read through the Templates section of our online manual in the Manuals section of your website.

      – Pine total heights and Hwd merch heights. – merch heights for all species. – merch heights for all species. – Total heights for all species. Follow instructions here for stump cruises (Stump Cruise Instructions) – empty template for starting completely from scratch.

    Sample Cruise Data: The sample data sets below can help users practice processing cruises. Follow the instructions in the document link below.

    Descrição: TCruiseMobile is the field version of TCruise.

    Compatibilidade: Compatible with all Windows Mobile operating systems including Windows CE, Pocket PC, and Windows Mobile 5.0 -6.5. Tablet version is compatible with Juniper Systems Mesa2 Tablet running Windows 10. Other Windows tablets may be compatible but have not been tested.

      - New TCruise Pro version installer for all Windows Mobile Devices. Free upgrade for existing users running TCruise Mobile (TCruiseWinCE). - Old version of TCruise Pro Pocket which is no longer supported. - TCruise for Windows Tablet.

    Install instructions:

    1. Connect your handheld device to your PC using Windows Mobile Device Center.
    2. Download the installer (link above) to your PC. Double click on the install file to begin the install.
    3. Follow the instructions in the install wizard. It is recommended that you install the program to the device rather than a storage card. You should be prompted to reboot your handheld when the process is completed.

    Registration instructions:

    1. Launch TCruise on the handheld using the Start Menu.
    2. You should be prompted to register when the program opens.
    3. Note the TCruise Product ID displayed on the registration screen. Enter this ID and other pertinent info in the Handheld Software Registration Request form.

    User Guide: See TCruise manual in the manuals section of our website.

    Sales and support of the LandMark Custom Reports for TCruise have been discontinued due to compatibility issues with newer versions of Microsoft Office and Windows 10 security. The enhanced reporting functionality is now handled in the TCruise Excel Standard Reports which should be used as a replacement.

    Descrição: The Haglof Management Systems/Timber Cruise Suite is a data management, licensing, and reporting application based on a Microsoft SQL Server platform. A flash drive with a license file is included with purchase so users can easily install and use the application on multiple PC’s as long as the flash drive is inserted. Most users will benefit from the enhanced Crystal reporting module for TCruise. There is even a map module for users who only need a basic GIS Mapping application.

    Compatibilidade: Compatible with all Windows operating systems from Windows 7 -10.

    Installers: Install HMS/TCruise Suite using the installers below in the order listed.

      or SQL Express 2012 32 bit Download and install the proper version of SQL Express 2012 depending on the type of PC you have (32 or 64 bit). Choose the defaults through the install wizard. – Download and install. This installs and updates TCruise inside of HMS.

    HMS Initial Setup:HMS Install Guide: HMS Timber Cruise Suite Install Procedures.pdf

    RTI for SOLO Forest

    Descrição: RTI for SOLO Forest allows interaction and data transfer in the field with TCruise WinCE. These custom scripts push StratumID, PlotID, and location to the TCruise Plot Info screen and also records how the plot was visited for security purposes. Other features allow users to randomly audit visited plots and create new plots to substitute for ones that could not be visited.

    Compatibilidade: Compatible with all Windows Mobile operating systems including Windows CE, Pocket PC, and Windows Mobile 5.0 -6.5.

    Install and registration instructions: Connect your handheld to your PC via Windows Mobile Device Center and run the installer from the link above. You will be prompted to register by entering a Reg and Keycode. Contact LandMark Support by phone, email, or using the Software Code Request form and provide the RTI Product ID displayed on the registration screen.

    RTI for ArcPad

    Descrição: RTI for ArcPad allows users to share data with TCruise WinCE in the field. The custom ArcPad RTI toolbar allows users to pick plots to navigate to and transfers location, Stratum ID, PlotID, location, time on plot, and plot status once the plot is visited.

    Compatibilidade: Compatible with Windows Mobile operating systems 5.0 -6.5. Users must have ArcPad 10.0 Build 55 pre-installed on their handheld and on the desktop PC.

    Installers and Setup Instructions: ArcPad_and_RTI Install_Package.zip Save the zipped file to your PC, extract and then open the enclosed file named 1_ArcPad RTI Installation and Registration Guide.pdf for detailed instructions.

    Descrição: TimberPilot from Trimble Forestry is a tracking solution for timber harvesting equipment. The package consists of a software platform built off of the powerful and easy to use SOLO Forest and a Yuma2 rugged tablet PC. TimberPilot can display and record the cutter position on top of base maps created with ArcGIS Desktop and SOLO360. The application also provides audible and visual alerts based on proximity to defined sensitive boundaries.

    Compatibilidade: Works with tablet PC’s running Windows 7, 8, or 10.

    Installer and registration instructions: Trimble TimberPilot 4.2.0.9 Install.msi - Download the installer to your Tablet PC and double click to install or update. Please provide the tablet S/N and TimberPilot S/N when you request codes from [email protected] .

    Descrição: Terrain Navigator Pro (TNP) is powerful and easy to use desktop and mobile mapping software that contains high-resolution scans of USGS topographic maps, current aerial photographs, street layer, and even private parcel data as an option. These maps and photos can be customized with labels, marks, symbols, lines, routes, tracks, area fills, GIS data sets, and notes. Once you have finished designing your custom maps, use the built-in printing and publishing to create digital and paper prints with text, logos, inset maps, legends, etc. Layers, maps, and photos can be exported for use in SOLO Forest or other mobile GIS applications.

    There is also a TNP mobile app that allows users to collect markers, tracks, and geo-stamped photos in the field, and then sync all the GPS data into the Terrain Navigator Pro office software. Click here for more details or call us at 866-395-5440 for a demo and pricing information.

    Compatibilidade: Windows 7-10 for Desktop application and iOS and Android smartphones for Mobile app.

    Installer: TNP installers and datasets are shipped directly to users.

    Descrição: Windows Mobile Device Center is the utility used to connect Windows Handheld devices to PC’s for data transfer. See the user guide below to get you started.

    User guide for connecting handhelds and troubleshooting:
    Connecting Your Windows Mobile Device to Your PC

      (Windows Vista, 7, 8, 10) (Windows Vista, 7, 8, 10) - Fixes Windows Mobile Device Center connection issues on new Windows 10 PC’s and after Windows Updates on existing Windows 10 machines. Right-click on the link and choose “Save link as” or “Save target as”. Right-click on the downloaded file and choose Run as administrator. Restart your PC as instructed. - Utility which will displays handheld screen on PC. - alternative to Windows Mobile Device Center for file transfer. $20 per license per mobile device.

    fGIS – is a simple, free desktop mapping application developed by Wisconsin DNR.

    Tatuk GIS Viewer – is a simple viewer application for viewing GIS data layers, printing simple maps, and cropping imagery.


    Subscribe today so you don’t miss any TidBITS articles!

    Every week you’ll get tech tips, in-depth reviews, and insightful news analysis for discerning Apple users. For 29 years, we’ve published professional, member-supported tech journalism that makes you smarter.

    Registration confirmation will be emailed to you.

    TidBITS is copyright © 2021 TidBITS Publishing Inc. Reuse governed by Creative Commons License.


    Assista o vídeo: ArcGIS - Feature Vertices to Points - Generate XY - Export to CSV