Mais

Como alterar as pastas de saída ao iterar um modelo de geoprocessamento?

Como alterar as pastas de saída ao iterar um modelo de geoprocessamento?


Tenho modelos de elevação digitais presos aos limites de bacias hidrográficas e preciso executar um conjunto de ferramentas para condicionar hidrologicamente cada um, e quero usar a ferramenta iteradora para automatizar esse processo.

Cada DEM começa em uma pasta única com o código HUC 10, e cada vez que executo o modelo, quero que todas as saídas vão para a pasta exclusiva em que o DEM começou. Então, quando o modelo itera até o próximo DEM, Eu quero que todos esses arquivos de saída vão para essa pasta exclusiva. Eu tenho a opção recursiva nos parâmetros do iterador marcada para que ele itere em cada subpasta, mas estou tendo problemas para descobrir como configurar a saída para que cada arquivo de saída vá para a mesma pasta de onde veio a entrada original.

Há algum tipo de código que preciso colocar no nome de saída de cada ferramenta? Algo na linha de% ____% DEMfel.tif? Estou familiarizado com% n% e% scratchworkspace%, mas eles não funcionam para mim porque colocam todos os arquivos de saída em uma única pasta.

Tentei me referir a esta postagem, mas não funcionou para mim: Iterando no ModelBuilder para gerar arquivos de saída na pasta de origem?


Você deseja usar a ferramenta Parse Path, que é uma ferramenta apenas de modelo, como o iterador. Você passa o raster e pode extrair o caminho para ele, o que lhe daria o local onde deseja escrever de volta. Veja o exemplo conforme mostrado abaixo.

Você tornaria a saída do Parse Path uma pré-condição para sua ferramenta Pit Removal para garantir que ela seja executada antes do resto do seu fluxo de trabalho.


Não tenho certeza se é importante manter a estrutura de arquivos atual da maneira que está. No entanto, se você não precisa manter a integridade do esquema do arquivo, pode criar uma variável autônoma e configurá-la em seu espaço de trabalho (por exemplo, C: 0207000_test). - Renomeie o "Qualquer valor" para "% Data Workspace%"

Em seguida, use a função Criar Pasta e defina as variáveis ​​como% Data Workspace% Você pode aplicar o modelo acima antes da função Pit Remove em seu modelo e ele deve ser capaz de iterar bem.

existem alguns bons exemplos de substituição de variável em linha no site da ESRI:

  • Substituição de Variável de Modelo Inline (por exemplo,% scratchworkspace%)
  • Substituição de variável do sistema em linha (por exemplo,% i%)

Assista o vídeo: Como salvar corretamente seus arquivos no ArcGIS e QGIS